Copagril – Compras no Site
Esportes Pré-temporada

Thiago Wild segue pré-temporada no Rio de Janeiro e define calendário

(Foto: Uruguay Open)

O tenista rondonense Thiago Wild (Itaú/CBT/Asics/Wilson), atleta do Instituto Tennis Route, do Rio de Janeiro, segue sua pré-temporada iniciada há duas semanas na capital carioca e definiu o calendário para os primeiros meses de 2020.

O jovem de 19 anos, número 213 do mundo e terceiro do Brasil, vem do vice-campeonato Maria Esther Bueno Cup, evento realizado em São Paulo, o qual garantiu vaga no quali do Rio Open, maior evento da América do Sul.

Casa do Eletricista – GENCO

Wild, campeão juvenil do US Open de 2018 e um dos cinco jovens a vencer um challenger em 2019, em Guayaquil, no Equador, começa a nova temporada no torneio challenger de Canberra, na Austrália, a partir de 06 de janeiro, com 125 pontos ao campeão. Na semana seguinte compete no qualificatório do Australian Open buscando vaga em seu primeiro Grand Slam na carreira. Em 27 de janeiro disputa no saibro o challenger de Punta del Este, no Uruguai. A partir do começo de fevereiro participa da gira sul-americana de ATPs no saibro. Inicia por Córdoba e Buenos Aires, na Argentina, Rio Open e Santiago, no Chile.

“Tive um 2019 bom, de muito aprendizado, vencendo meu primeiro jogo de ATP, me fixando em torneios challenger e com um final de ano muito bom e meus melhores resultados o que me proporciona poder jogar maiores torneios em 2020 e tentar minha primeira vaga em Grand Slam já na Austrália. Estou trabalhando duro para desenvolver meu jogo, começar bem o novo ano e seguir subindo aproveitando também a gira que teremos na América do Sul”, disse Wild.

O treinador do Instituto Tennis Route, João Zwetsch, destaca que Wild vem fazendo um trabalho na pré-temporada em busca de aprimoramento da parte técnica e física. “Essa primeira parte do ano será bem interessante para ele com a nova experiência em um Slam no profissional e a boa oportunidade que os eventos do continente oferecem. Vamos em busca de bons resultados”, enalteceu.

O tenista de Marechal Candido Rondon começou a temporada 2019 como o 443º do mundo e terminou 230 posições a frente conquistando seu primeiro challenger, em Guayaquil, no Equador, e com semifinal em Montevidéu, no Uruguai.

Wild venceu quatro vezes um top 100 no sno derrubando o italiano Marco Cecchinato (73º) em Lima, no Peru, o brasileiro Thiago Monteiro (89º) em Guayaquil, além do boliviano Hugo Dellien, (76º e 75º) no Equador e Montevidéu.

O Instituto Tennis Route, entidade sem fins lucrativos, tem como missão transformar a vida de jovens tenistas através do esporte e educação oferecendo oportunidades para criar rotas rumo ao tênis profissional ou universitário. O Instituto Tennis Route conta com o apoio do ITAÚ através da Lei de Incentivo pelo Ministério do Esporte do Governo Federal.

 

Com assessoria

TOPO