Copagril
Esportes

Verón rompe silêncio na Argentina e alfineta Maradona

O volante Ver oacute;n rompeu o sil ecirc;ncio ontem (12), mais de um m ecirc;s depois da elimina ccedil; atilde;o da Argentina na Copa do Mundo, e alfinetou Maradona, que deixou o comando da equipe recentemente. O jogador argentino questionou as op ccedil; otilde;es do ex-t eacute;cnico da sele ccedil; atilde;o, que o tirou do time titular durante o Mundial, e pediu que o novo treinador seja escolhido por m eacute;ritos e n atilde;o somente pelo reconhecimento nacional. ldquo;Temos que abrir a mente, avaliar as pessoas que trabalham na sele ccedil; atilde;o. Tem que ser algu eacute;m da elite do futebol argentino e tem que ser escolhido pela capacidade rdquo;, declarou Ver oacute;n, sem citar nomes de poss iacute;veis candidatos ao cargo de t eacute;cnico da Argentina.
O volante disse temer que se repita a situa ccedil; atilde;o de 1986, quando os campe otilde;es mundiais de 1978 foram chamados para comandar a equipe. ldquo;N atilde;o tenho nada contra eles, mas deve ser definido pela capacidade rdquo;, refor ccedil;ou.
Em rela ccedil; atilde;o agrave; conduta de Maradona agrave; frente da sele ccedil; atilde;o, Ver oacute;n evitou cr iacute;ticas diretas, mas mostrou ressentimento por ser preterido durante a Copa. ldquo;Diego eacute; muito efusivo em suas declara ccedil; otilde;es e se mete em quest otilde;es que depois s atilde;o dif iacute;ceis de levar adiante. Em um momento ele disse que queria que eu fosse o Xavi (da Espanha) na nossa sele ccedil; atilde;o. Em seguida, ele te tira do time. Isso d oacute;i rdquo;, reclamou Ver oacute;n.
Ainda sem saber as motiva ccedil; otilde;es de Maradona para o tirar do time, o volante disse que ainda precisa conversar com o ex-t eacute;cnico da equipe. ldquo;S atilde;o quest otilde;es t aacute;ticas. Eu n atilde;o dava o que eles (comiss atilde;o t eacute;cnica) estavam querendo e decidiram buscar outra coisa. Eu estava pronto para jogar, mas ele me disse que queria me poupar, que viriam coisas muito importantes, e depois me tirou do time rdquo;.
Ver oacute;n questionou tamb eacute;m o posicionamento de Messi sob o comando de Maradona. Para o volante, o craque do Barcelona n atilde;o se sentia confort aacute;vel no esquema t aacute;tico utilizado na Copa. ldquo;Ele n atilde;o est aacute; acostumado a voltar tanto (para receber a bola). J aacute; eacute; dif iacute;cil pedir a ele carregar a bola por 50 metros, principalmente com os rivais que tem l aacute; na frente. Ele n atilde;o estava acostumado a jogar dessa maneira e isso ficou claro rdquo;.
Questionado sobre a troca de farpas entre Maradona e Carlos Bilardo, diretor de futebol da sele ccedil; atilde;o, Ver oacute;n foi diplom aacute;tico e evitou assumir uma posi ccedil; atilde;o. ldquo;Carlos fez boas coisas pela sele ccedil; atilde;o, mas tamb eacute;m deixou a desejar em alguns momentos rdquo;, declarou.

TOPO