Ford Ranger e Ecosport AGOSTO2
Ford Ranger e Ecosport AGOSTO1
Geral

Acadêmicos vão às ruas contra falta de professores

A movimentação teve início em frente à sede do campus e seguiu pelas principais ruas da cidade. Foto: O Presente

Um grupo de aproximadamente 100 acad ecirc;micos liderados pelo Diret oacute;rio Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Estadual do Oeste do Paran aacute; (Unioeste), campus de Marechal C acirc;ndido Rondon, participaram, ontem (09), de um manifesto contra a falta de professores. A movimenta ccedil; atilde;o teve in iacute;cio em frente agrave; sede do campus e seguiu pelas principais ruas da cidade. Os jovens empunhavam faixas e cartazes exigindo a contrata ccedil; atilde;o imediata de professores, al eacute;m de entoarem gritos de protesto para esclarecimento da popula ccedil; atilde;o sobre a motiva ccedil; atilde;o da passeata.
Os acad ecirc;micos consideram errado a Institui ccedil; atilde;o dar in iacute;cio ao ano letivo com o quadro de docentes incompleto.
A falta de professores eacute; justificada pela Universidade com base nos desligamentos ocorridos em raz atilde;o de exonera ccedil; otilde;es e aposentadorias, al eacute;m da necessidade de cumprir prazos para convoca ccedil; atilde;o e contrata ccedil; atilde;o de profissionais aprovados em concurso p uacute;blico e testes seletivos.
Para amenizar a falta de professores, a dire ccedil; atilde;o de campus promoveu um remanejamento de aulas, por meio do qual professores de alguns cursos assumiram outras disciplinas, em car aacute;ter tempor aacute;rio.
Do ponto de vista dos membros do DCE, o manifesto tem o prop oacute;sito de posicionar-se contra a falta de professores, que tem ocorrido com frequ ecirc;ncia no in iacute;cio dos uacute;ltimos anos, com o objetivo de que o problema n atilde;o se torne ldquo;rotina rdquo;. Da mesma forma, eles se colocam contra o ac uacute;mulo de disciplinas para os professores efetivos, sob o aspecto de que eles possam estar sobrecarregados, o que pode interferir na qualidade de ensino.
nbsp;
Minuta
Outro protesto dos manifestantes diz respeito agrave; minuta criada pela Pr oacute;-Reitoria de Extens atilde;o da Unioeste, que prev ecirc; redu ccedil; atilde;o da carga hor aacute;ria para orienta ccedil; atilde;o de projetos de pesquisa e de produ ccedil; atilde;o de Trabalhos de Conclus atilde;o de Curso (TCC), al eacute;m do n uacute;mero de bolsas de estudo. Os estudantes entendem que a menor disponibilidade de aten ccedil; atilde;o dos professores aos acad ecirc;micos pode gerar o sucateamento do ensino p uacute;blico.

TOPO