Brincando na Praça 2019
Geral Em alerta

Após morte de mulher por suspeita de dengue, Cafelândia entra em estado de alerta

Morte da mulher de 49 anos é a primeira na cidade com suspeita de dengue (Foto: Divulgação)

Cafelândia está em estado de alerta com os casos de dengue registrados no município nos últimos dias.

Na manhã de domingo (12) aconteceu a primeira morte com suspeita de dengue hemorrágica. A vítima foi uma mulher de 49 anos, que morreu dentro da ambulância quando era transferida para um hospital em Cascavel.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

O histórico da paciente mostra que ela teve dengue em 2003, quando morava na Bahia. Exames devem confirmar a causa oficial da morte.

A secretária de Saúde de Cafelândia confirmou 48 casos autóctones de dengue no município, quando a doença é contraída na própria cidade do paciente, e mais três casos importados de outras localidades.

Outros 40 casos aguardam resultado para confirmação da dengue, cinco para chikungunya e um para zika.

Com o crescente número de casos, a Secretaria de Saúde decretou estado de alerta para o município. Através de nota enviada à imprensa, a Secretaria informou ainda que não possuí veneno contra o mosquito da dengue.

 

Confira a nota na íntegra

“A Secretaria de Saúde de Cafelândia, por meio do Nasf (núcleo de apoio a saúde da família), vem através deste informar que o Município encontra-se em estado de ALERTA para o combate ao mosquito transmissor da Dengue e outras doenças.

Comunicamos que o estado do Paraná, neste momento, não possui veneno disponível. Desta forma, é necessário a eliminação de criadouros manualmente sendo a maneira mais eficaz para a eliminação dos ovos e larvas do mosquito transmissor. 

Atualmente, os sintomas da dengue estão sendo atípicos (diferentes dos convencionais), portanto, além do combate manual faz-se necessário também cuidados como o uso do repelente”. 

 

Com Catve.com 

TOPO