Geral

Árvores velhas serão substituídas em Rondon

Durante a reunião ficou decido que as árvores que se encontram em estado crítico serão substituídas gradativamente, a fim de não causar um impacto ambiental de grande proporção junto à população (Foto: Ademir Herrmann)

Em reuni atilde;o realizada na quinta-feira (19), no pa ccedil;o municipal, entre representantes da Copel e secret aacute;rios de Planejamento, de Ind uacute;stria, Com eacute;rcio e Turismo e de Agricultura e Pol iacute;tica Ambiental da Prefeitura de Marechal C acirc;ndido Rondon esteve em pauta o projeto elaborado pela Copel que trata da substitui ccedil; atilde;o de aacute;rvores, o qual foi colocado agrave; disposi ccedil; atilde;o do munic iacute;pio. Em virtude de Marechal Rondon ser uma das cidades mais arborizadas do Paran aacute;, comparada agrave;s outras, percebeu-se a necessidade de evitar que aacute;rvores velhas ou com outros tipos de problemas possam causar acidentes e danos para a popula ccedil; atilde;o.

Preocupa ccedil; atilde;o
Esta preocupa ccedil; atilde;o se acentuou ainda mais depois de v aacute;rias constata ccedil; otilde;es e estudos em torno do assunto. A substitui ccedil; atilde;o dever aacute; ser feita em breve, por eacute;m apenas com aacute;rvores que se encontram em estado cr iacute;tico e gradativamente, a fim de n atilde;o causar um impacto ambiental de grande propor ccedil; atilde;o junto agrave; popula ccedil; atilde;o. Em um primeiro momento ser aacute; realizado um levantamento minucioso das aacute;rvores que oferecem maior risco e um detalhamento completo de toda a cidade servir aacute; de base para o in iacute;cio da parceria com a Copel. Para cada aacute;rvore substitu iacute;da a Copel oferece o valor de R$ 62 e ainda disponibiliza novas mudas de extremosa, cerejeira do jap atilde;o, entre outras. nbsp; nbsp;
Finalidade
A t eacute;cnica florestal da Copel, Marcia Van Santen Kimura, explica que a Copel tem um programa de substitui ccedil; atilde;o de aacute;rvores, ou seja, um conv ecirc;nio que eacute; oferecido aos munic iacute;pios com a finalidade de substituir aacute;rvores que est atilde;o em conflito com a rede el eacute;trica ou sob as casas. ldquo;No local onde as aacute;rvores n atilde;o se encontram sob a rede, a Copel apenas oferece a muda, n atilde;o sendo ofertado o valor financeiro. As mudas com o porte adequado j aacute; est atilde;o sendo produzidas nos viveiros. A princ iacute;pio, o pr oacute;prio munic iacute;pio faz o levantamento das aacute;rvores, o projeto e a Copel auxilia apenas na escolha das aacute;rvores. Al eacute;m disso, a retirada das aacute;rvores e o plantio tamb eacute;m deve ser feito pelo munic iacute;pio rdquo;, enfatiza. nbsp; nbsp;

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS
TOPO