Fale com a gente

Geral Justiça Eleitoral

ASSISTA AO VIVO: julgamento no TRE do Paraná pode cassar o mandato do senador Sergio Moro

Ex-juiz da Lava Jato é acusado de abuso do poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação em campanha eleitoral

Publicado

em

(Foto: Reprodução/Tribunal Regional Eleitoral do Paraná)

Teve início nesta segunda-feira (1º), às 14 horas, o julgamento no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) que pode cassar o mandato do senador Sergio Moro (União Brasil). O ex-juiz da Lava Jato, eleito para o Senado em 2022, é acusado pelo Partido Liberal (PL) e o Partido dos Trabalhadores (PT) de abuso do poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação em sua campanha eleitoral.

O TRE-PR é composto por sete juízes eleitorais e para Moro ser cassado, é necessário que a maioria (quatro ou mais) o julgue culpado. Da decisão na Corte paranaense, contudo, ainda caberá recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que é quem dará a palavra final sobre o caso. Segundo o presidente do TRE-PR anunciou ainda no início da sessão de julgamento, a expectativa é que, havendo a interposição de recursos, até maio esse processo chegue ao TSE.

O primeiro magistrado a votar no TRE-PR será o relator do caso, o desembargador Luciano Carrasco Falavinha. Ele não compartilhou antecipadamente o seu parecer com nenhum dos colegas. Além disso, também foi definido que todos os juízes lerão a íntegra de seus votos — inclusive o presidente da Corte, que será o último a votar e fará isso mesmo que não precise desempatar o julgamento —, para que a decisão final conte com os argumentos de todos os membros.

É possível (até provável) que o julgamento não termine hoje. A presidência do TRE-PR reservou os dias 1º, 3 e 8 de abril para a análise do caso.

Abaixo, você confere ao vivo a sessão de julgamento

Com Bem Paraná

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente