Ford Ka 2020
Geral

Candidatura de Osmar Dias continua indefinida

A indefini ccedil; atilde;o em torno da candidatura do senador Osmar Dias (PDT) ao governo estadual nas pr oacute;ximas elei ccedil; otilde;es continua. Depois de mais uma reuni atilde;o realizada em Bras iacute;lia na tarde de ontem (22), a coliga ccedil; atilde;o entre PDT, PT e PMDB ainda n atilde;o foi acertada.
Al eacute;m de Dias, participaram do encontro os presidentes dos diret oacute;rios nacionais e estaduais das tr ecirc;s legendas, o governador Orlando Pessuti (PMDB), a petista Gleisi Hoffmann, al eacute;m de alguns deputados federais e estaduais. Os representantes dos partidos j aacute; haviam conversado na noite de segunda-feira (21) e tamb eacute;m n atilde;o haviam chegado a um acordo.
Uma defini ccedil; atilde;o importante estabelecida durante a reuni atilde;o de ontem foi de que o PDT n atilde;o deve se coligar com o PSDB, de Beto Richa, no Paran aacute;. A alian ccedil;a foi vetada pela diretoria nacional pedetista, que n atilde;o deseja o enfraquecimento no Estado da aliada e candidata agrave; Presid ecirc;ncia, Dilma Rousseff (PT).
Osmar Dias eacute; um nome desejado na chapa do PSDB. Os tucanos chegaram a entregar uma proposta formal de alian ccedil;a ao PDT. Para conseguir o apoio, al eacute;m de uma das vagas de candidato ao Senado, o PSDB ofereceu aos pedetistas a vaga de vice-governador na chapa. Na uacute;ltima quinta-feira (17), o diret oacute;rio estadual pedetista chegou a enviar um fax para a executiva nacional, solicitando autoriza ccedil; atilde;o para fazer coliga ccedil; atilde;o com o PSDB.
Como a coliga ccedil; atilde;o com Richa n atilde;o deve ser autorizada, duas op ccedil; otilde;es foram apresentadas ao senador pedetista. No primeiro cen aacute;rio, Dias aceita ser candidato governo, o PMDB indica um nome para o cargo de vice-governador e Gleisi Hoffmann disputa a vaga ao Senado Federal. Neste caso a vontade de Dias n atilde;o eacute; atendida, j aacute; que o senador gostaria de ter a petista como vice, mas o PT insiste em t ecirc;-la como candidata ao senado.
A segunda op ccedil; atilde;o eacute; uma candidatura avulsa de Osmar Dias ao Senado, ou seja, sem alian ccedil;as com PT, PMDB ou PSDB. Nesta hip oacute;tese, Orlando Pessuti seria o candidato ao governo e os petistas definiriam um nome para o cargo de vice-governador.
Osmar Dias ter aacute; que analisar as duas propostas. N atilde;o existe uma data definida para o an uacute;ncio da decis atilde;o final do senador.

TOPO