Copagril – Compras no Site
Geral

Comissão define estratégias de organização do concurso

Membros da Comissão Organizadora do Concurso Público reunidos segunda-feira (10), no paço municipal, com representantes de instituições que vão colaborar com a organização e fiscalização do concurso. Foto: Divulgação

A Comiss atilde;o Organizadora (CO) do Concurso P uacute;blico da Prefeitura de Gua iacute;ra realizou segunda-feira (10), no pa ccedil;o municipal, uma assembleia com representantes de institui ccedil; otilde;es que v atilde;o colaborar com a organiza ccedil; atilde;o e fiscaliza ccedil; atilde;o do concurso. Segundo a presidente da CO, Ala iacute;de Carvalho de Lima Barreto, a inten ccedil; atilde;o foi ouvir sugest otilde;es para que o concurso ldquo;aconte ccedil;a de forma clara, transparente e com grande participa ccedil; atilde;o da sociedade organizada rdquo;.
Durante a reuni atilde;o tamb eacute;m foram definidas estrat eacute;gias para que a fiscaliza ccedil; atilde;o se mantenha rigorosa durante todo o processo. A Pol iacute;cia Militar far aacute; ronda nos tr ecirc;s col eacute;gios onde acontecer atilde;o as provas (Jardim Zeballos, Mendes Gon ccedil;alves e Roosevelt). A Pol iacute;cia Federal tamb eacute;m pode atuar nesse sentido.
Quanto aos fiscais, a Comiss atilde;o Organizadora solicitou a indica ccedil; atilde;o de pelo menos dez pessoas de cada entidade para ajudar a monitorar os corredores e demais espa ccedil;os escolares.
As provas, que chegar atilde;o de Londrina lacradas, ser atilde;o levadas, ap oacute;s o exame – e sob a escolta da Pol iacute;cia Federal – para o quartel do Ex eacute;rcito, onde permanecer atilde;o inviol aacute;veis por 15 dias. Ap oacute;s esse per iacute;odo (previsto no edital e que serve para dar garantias a quaisquer reivindica ccedil; otilde;es legais), as provas ser atilde;o levadas, provavelmente, ao Cine Teatro Sete Quedas, para a devida corre ccedil; atilde;o. Desta forma, os candidatos poder atilde;o acompanhar todo o processo de avalia ccedil; atilde;o e classifica ccedil; atilde;o.
A presidente da comiss atilde;o informou, ainda, que o ensalamento estar aacute; dispon iacute;vel somente no local das provas. A dica eacute; para que os candidatos cheguem com anteced ecirc;ncia. O rigor com o hor aacute;rio, ali aacute;s, foi um dos assuntos mais salientados durante a reuni atilde;o. ldquo;A Fauel (Funda ccedil; atilde;o de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual de Londrina, entidade sem fins lucrativos vinculada agrave; UEL) eacute; bem rigorosa quanto a essa quest atilde;o de hor aacute;rio. No s aacute;bado agrave; tarde os port otilde;es fechar atilde;o agrave;s 13 horas. Quem chegar 13h01 n atilde;o vai mais entrar. De manh atilde;, os port otilde;es fechar atilde;o agrave;s 08 horas rdquo;, afirmou Ala iacute;de.
O procurador jur iacute;dico do munic iacute;pio, Marcos Aur eacute;lio Comunello, destacou o esfor ccedil;o da prefeitura para apresentar um concurso transparente. Ele pede n atilde;o o apoio da sociedade, mas a expressiva colabora ccedil; atilde;o. ldquo;Quanto mais gente participando, fiscalizando, tanto melhor rdquo;, ressalta.
Conforme o diretor de Tributa ccedil; atilde;o, Valter Blahum, esse eacute; sem d uacute;vida o maior concurso da hist oacute;ria de Gua iacute;ra. ldquo;Tive o privil eacute;gio de ser presidente da Comiss atilde;o do Concurso P uacute;blico de 2004, por isso eu enfatizo a import acirc;ncia da participa ccedil; atilde;o da sociedade. Principalmente agora que estamos diante de um concurso desse porte. Nunca na hist oacute;ria de Gua iacute;ra tivemos um concurso t atilde;o grande. S atilde;o 2.496 inscritos para 111 vagas rdquo;, finalizou.

TOPO