Ford Show Rural
Ecoville – Maior rede de limpeza
Geral

Departamento de Saúde anuncia redução de despesas

Fotos: Divulgação

O Departamento de Sa uacute;de de S atilde;o Miguel do Igua ccedil;u gastou R$ 398 mil reais a menos nos meses de abril, maio e junho de 2010, se comparado aos tr ecirc;s meses do primeiro trimestre. O investimento foi de R$ 2.894.987,60, com uma m eacute;dia de R$ 965 mil por m ecirc;s. Os n uacute;meros foram apresentados na audi ecirc;ncia p uacute;blica da sa uacute;de, pela diretora da pasta, Marildi Fagion. ldquo;Esses n uacute;meros atestam que tamb eacute;m a sa uacute;de p uacute;blica de S atilde;o Miguel est aacute; se moldando ao programa de conten ccedil; atilde;o de gastos do governo municipal, at eacute; o final do ano. Mas isso n atilde;o significa que n oacute;s deixamos de atender a popula ccedil; atilde;o. A redu ccedil; atilde;o de gastos sem comprometer a qualidade do servi ccedil;o dispensado agrave; popula ccedil; atilde;o s oacute; est aacute; sendo poss iacute;vel com a colabora ccedil; atilde;o de todos os profissionais da sa uacute;de, inclusive os m eacute;dicos da rede publica municipal. Estamos otimizando os gastos desde uso dos ve iacute;culos, material de expediente e n uacute;mero de funcion aacute;rios, conciliando sempre com bom atendimento, organiza ccedil; atilde;o e responsabilidade. Atravessamos um momento dif iacute;cil diante da crise que o munic iacute;pio atravessa e demais munic iacute;pios da regi atilde;o rdquo;, ressaltou.

Destaque
O relat oacute;rio da audi ecirc;ncia p uacute;blica destaca atua ccedil; atilde;o do Programa Sa uacute;de da Fam iacute;lia com 12.588 pacientes atendidos em todas as especialidades. Destes, 9.658 foram atendidos atrav eacute;s de cl iacute;nica geral, 1.596 na pediatria e 786 na obstetr iacute;cia. A especialidade ginecologia aparece em terceiro lugar em n uacute;mero de pacientes atendidos, com 552 consultas.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Outros n uacute;meros
Uma diferen ccedil;a consider aacute;vel nos investimentos em sa uacute;de b aacute;sica do munic iacute;pio, que ainda n atilde;o disp otilde;e de unidade hospitalar (um grupo privado se prepara para inaugurar unidade autorizada pela vigil acirc;ncia da 9 ordf; Regional, em novembro), est aacute; nos itens despesas com servi ccedil;os de apoio administrativo t eacute;cnico, operacional, servi ccedil;os m eacute;dico, hospitalar, odontol oacute;gico e laboratorial, que representam maior volume da despesa do setor.
Com a reprograma ccedil; atilde;o das a ccedil; otilde;es de sa uacute;de, o munic iacute;pio deixou de gastar cerca de R$ 600 mil entre o primeiro e o segundo trimestre deste ano.
Pela planilha apresentada foram destinados a pagamentos de m eacute;dicos, odont oacute;logos e demais profissionais do setor R$ 1.658.665,58, que, comparado ao primeiro trimestre, eacute; R$ 575.303,88 menor. Nos tr ecirc;s primeiros meses deste ano foram gastos R$ 2.233.969,46, no mesmo item.
Essa situa ccedil; atilde;o motivou uma consulta do prefeito Armando Polita ao Tribunal de Contas. ldquo;Essa situa ccedil; atilde;o pesa muito no or ccedil;amento do munic iacute;pio, que v ecirc; cada dia a administra ccedil; atilde;o mais engessada. Um concurso p uacute;blico para a aacute;rea de sa uacute;de eacute; mais do que necess aacute;rio. Estamos trabalhando para que esse concurso seja realizado no menor tempo poss iacute;vel rdquo;, diz Polita.
A expectativa do governo municipal eacute; de que o grupo privado que vai gerenciar o hospital anuncie a conclus atilde;o da reforma nos pr oacute;ximos dias. ldquo;Com o Hospital S atilde;o Miguel reaberto, as despesas com a sa uacute;de podem ser reduzidas entre R$ 350 mil e R$ 400 mil por m ecirc;s, valores estes investidos hoje no pronto atendimento horas rdquo;, menciona o prefeito.
O Hospital S atilde;o Miguel eacute; de propriedade de um grupo de m eacute;dicos e investidores da cidade e est aacute; fechado desde 06 de janeiro de 2009.

TOPO