Fale com a gente

Geral

Fábrica de rações deve incrementar economia de São Miguel

Publicado

em

Reunião realizada entre os membros da prefeitura e do Conselho Agropecuário da Cooperativa Agroindustrial Lar. (Divulgação)

Em reuni atilde;o convocada e coordenada pela diretora do Departamento de Ind uacute;stria e Com eacute;rcio, Vanilda Scheffer, na C acirc;mara Municipal de Vereadores, estiveram o prefeito Armando Polita, Liceu Joner (Agricultura), Celso Panazzolo (Meio Ambiente), Katiane (Ind uacute;stria e Com eacute;rcio), Laudic eacute;ia Scussel (Nota Produtor Rural), os vereadores Ant ocirc;nio Dilmar Tonis Mafalda, Agenor Dorigon, Nilton Werneck, Francisco Machado Mota, In eacute;sio Civiero e Jairo do Anjos, al eacute;m dos membros do Conselho Agropecu aacute;rio da Cooperativa Agroindustrial Lar, representados por Jos eacute; Carlos Colombari, Suzana Knapp, Nivaldo Peron, In aacute;cio Meinertz e Sin eacute;zio Adams.
Na pauta da convoca ccedil; atilde;o estava discuss atilde;o da proposta de implanta ccedil; atilde;o, pela Cooperativa Lar, da f aacute;brica de ra ccedil; otilde;es no munic iacute;pio de S atilde;o Miguel do Igua ccedil;u, com o objetivo de atender o crescimento da empresa e tamb eacute;m da nova normativa do Minist eacute;rio da Agricultura que determina a separa ccedil; atilde;o da produ ccedil; atilde;o de ra ccedil; otilde;es.
De acordo com o projeto da Cooperativa, a unidade de S atilde;o Miguel do Igua ccedil;u seria a terceira implantada, sendo que as outras duas est atilde;o em Santa Helena e Medianeira. Esta unidade, depois de constru iacute;da, teria a capacidade de produzir 30 ton/h em dois turnos de oito horas, gerando 60 postos de trabalho.
Para viabilizar o projeto em S atilde;o Miguel do Igua ccedil;u, a prefeitura est aacute; estudando a forma de atender a contrapartida solicitada pela Lar, que compreende na aquisi ccedil; atilde;o e doa ccedil; atilde;o do terreno de quatro hectares em regime de comodato, terraplanagem da aacute;rea, al eacute;m das instala ccedil; otilde;es civis e el eacute;tricas. Para o prefeito Armando Polita: ldquo; eacute; de grande interesse do Poder P uacute;blico viabilizar este investimento, pois faz parte do plano de governo desta gest atilde;o fomentar a economia, gerar emprego e renda para nossos mun iacute;cipes. Num primeiro momento, a prefeitura far aacute; a avalia ccedil; atilde;o da aacute;rea proposta e em seguida ser aacute; convocada uma nova reuni atilde;o com o Conselho Agropecu aacute;rio e diretoria da cooperativa para tratar dos demais itens, sendo que as negocia ccedil; otilde;es de aquisi ccedil; atilde;o do terreno e de constru ccedil; atilde;o civil devem se dar a m eacute;dio e longo prazos. A curto prazo, o que se pode garantir atrav eacute;s da prefeitura eacute; o servi ccedil;o de terraplanagem do local rdquo;, afirmou.

Facebook