Copagril
Geral Dia 768k

Falha na rede mundial deixa a internet bastante instável em todo o mundo

Em resumo, esse é dia em que o número de endereço de todo o mundo atinge esse limite (Foto: Divulgação)

Os internautas estão enfrentando bastante instabilidade nos serviços de acesso a internet nesta terça-feira (14). A instabilidade é resultado chamado Dia 768k, que era um momento previsto para acontecer neste mês, no qual milhares de pessoas podem ficar sem acesso à Internet.

Em resumo, esse é dia em que o número de endereço de todo o mundo atinge esse limite, obrigando as empresas a ampliarem esse teto e criarem novas rotas para os novos IPs – que são como o endereço personalizado dos internautas.

De acordo com a explicação, isso acontece porque, em 2014, uma operação da Verizon, companhia telefônica dos Estados Unidos, provocou uma falha na Internet mundial. O problema, conhecido como 512k, teria ocorrido quando a operadora fez a inclusão de diversos novos endereços à tabela de roteamento BGP (protocolo de roteamento de dados), responsável por organizar todos os endereços de IPv4 do mundo, padrão mais comum de IP.  Em agosto de 2014, o limite de 512 mil endereços foi alcançado. Por isso, foi então criado um novo teto: o de 768 mil.

E agora esse número será atingido durante o mês de maio, o que pode causar uma grande falha na Internet ao redor do mundo. Um dos motivos para isso é porque a maioria dos servidores globais ficam localizados na América do Norte, onde a companhia telefônica a atua. Essa falha não significa o fim da Internet. Na ocasião do Dia 512k, houve uma grande instabilidade na rede mundial, com muita lentidão na navegação e pings altíssimos.

  • Brasileiros podem ser afetados?

Sim, o Brasil pode ser afetado.

  • Existe alguma solução ou forma de evitar?

A forma mais eficiente de evitar os 768k é utilizando um equipamento moderno, já que roteadores mais novos tendem a vir com o firmware pronto para situações como essa.

  • Como configurar a senha do seu roteador Wi-Fi

Ainda segundo os pesquisadores, as medidas para evitar o 768k já foram tomadas pelas empresas de Internet, de modo que o usuário final não tem muito com o que se preocupar.

 

Com Bem Paraná 

TOPO