Ford Ranger e Ecosport Set/2020
Copagril – Compras no Site
Geral Milho safrinha 2020

Manejo antecipado para controle de plantas daninhas traz vantagens ao agricultor

(Foto: Divulgação/Copagril)

A colheita da cultura do milho safrinha está em andamento na área de atuação da Cooperativa Agroindustrial Copagril, marcando o fim do ciclo de produção do milho safrinha 2020. Logo após a colheita é momento de o agricultor planejar a próxima safra, dando atenção especial para sua lavoura, que precisará ficar pronta para o dia do plantio, quando começa um novo ciclo das culturas de milho e soja que serão implantadas no verão.

Para manter a propriedade em boas condições para o próximo plantio, a realização do manejo das plantas daninhas é fundamental e tem impacto direto no sucesso da nova safra, dessa forma, o agricultor precisa adotar práticas agrícolas eficientes e seguras para obter sucesso no próximo período de cultivo. Entre essas práticas destaca-se o manejo de plantas daninhas, denominado de “dessecação” e para um efetivo controle, a identificação correta de plantas daninhas após a colheita do milho safrinha é essencial para que as estratégias de manejo sejam eficientes.

Casa do Eletricista – GENCO

 

MANTER BAIXOS NÍVEIS DE INFESTAÇÃO É FUNDAMENTAL

Conforme o Engenheiro Agrônomo da Unidade Copagril de Novo Sarandi, Anderson Luís Schoffen, um dos fatores mais importantes para o manejo é a manutenção da população de plantas daninhas em baixos níveis de infestação. Para isso, podem ser adotadas técnicas como rotação de culturas e semeadura de plantas de cobertura e de adubação verde. “Culturas de cobertura, como nabo-forrageiro, aveia, ervilhaca e milheto, no período de entressafra, inibem a emergência e o desenvolvimento das plantas daninhas”, comenta Anderson Schoffen pontuando que a utilização de roçadeira e/ou a aplicação de herbicidas para dessecação das plantas daninhas na pós-colheita, também podem ser adotadas para controlar as plantas daninhas emergidas e diminuir a produção de sementes, diminuindo o banco de sementes no solo. Nas regiões da área de ação da Copagril onde a colheita do milho safrinha já iniciou, já é possível diagnosticar a presença das plantas daninhas a campo, momento que possibilita a realização do primeiro trabalho de controle. “O produtor precisa realizar o controle inicial ainda quando as plantas daninhas encontram-se em estágio inicial de desenvolvimento, oque facilita o seu controle. Para complementar o manejo, o produtor pode associar o uso de herbicidas pré-emergentes, para diminuir a emergência de novas plantas daninhas”, salienta o engenheiro agrônomo da Copagril.

 

À DISPOSIÇÃO

A Copagril orienta que os produtores façam o manejo antecipado de entressafra, com a finalidade de melhorar o controle e facilitar o manejo de pré plantio, evitado problemas no momento da semeadura. A cooperativa está à disposição do agricultor, fornecendo produtos e serviços de excelência para facilitar os trabalhos na propriedade.

 

Com Copagril

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO