Copagril – Sou agro com orgulho
Geral

Morre a primeira vítima da gripe A em Foz do Iguaçu

Uma menina de 11 anos foi a primeira v iacute;tima da gripe A (H1N1) em Foz do Igua ccedil;u neste ano. Brenda Giovana Senin Duarte estava internada no Hospital Costa Cavalcanti h aacute; 14 dias com sintomas da doen ccedil;a, mesmo depois de ter tomado a vacina contra o v iacute;rus. A menina teve uma parada card iacute;aca e foi reanimada, mas seu estado de sa uacute;de era grav iacute;ssimo. Ela estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas n atilde;o resistiu e morreu na noite de domingo (18).
Muitas pessoas ficaram preocupadas com a efic aacute;cia da vacina, j aacute; que a menina havia sido imunizada e mesmo assim apresentou os sintomas. De acordo com m eacute;dicos, a vacina eacute; eficaz, mas n atilde;o deve ser considerada a uacute;nica forma de prote ccedil; atilde;o contra o v iacute;rus. Para eles, as pessoas devem manter alguns cuidados b aacute;sicos, como evitar aglomera ccedil; otilde;es, locais fechados e ficar atento com a higiene pessoal.
Segundo o enfermeiro Roberto Doldan, do Centro de Especialidades M eacute;dicas de Foz do Igua ccedil;u, a vacina tem efic aacute;cia de 90% e depende da resposta imunol oacute;gica de cada pessoa. Para ele, essa eacute; a melhor maneira de se prevenir, mas deve estar aliada aos cuidados com a higiene pessoal. O enfermeiro tamb eacute;m recomenda que as pessoas evitem a automedica ccedil; atilde;o e que procurem um m eacute;dico aos primeiros sintomas de gripe.

TOPO