Copagril – Sou agro com orgulho
Geral

Paraná terá R$ 72 milhões para investir no Afonso Pena

O prefeito de Minas Gerais, Marcio Lacerda, com o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e o governador do Paraná, Orlando Pessuti, durante cerimônia de assinatura de medidas provisórias (Foto: Duda Sampaio)

O Paran aacute; ter aacute; R$ 72,8 milh otilde;es para investir no Aeroporto Afonso Pena, em S atilde;o Jos eacute; dos Pinhais, com vistas agrave; Copa de 2014. O PAC dos Aeroportos foi assinado ontem (19), em Bras iacute;lia, pelo presidente Luiz In aacute;cio Lula da Silva, pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, e pelo presidente da Infraero, Murilo Marques Barbosa. Os recursos ser atilde;o utilizados para melhoras do terminal de passageiros e vi aacute;rio, instala ccedil; atilde;o de equipamentos e constru ccedil; atilde;o da terceira pista no aeroporto.
Durante o encontro, que reuniu prefeitos e governadores das 12 cidades-sede do campeonato mundial, o presidente assinou termo de ajuste de conduta com os Estados e munic iacute;pios, para assegurar que as obras estejam conclu iacute;das at eacute; dezembro de 2012. ldquo;Esta eacute; uma a ccedil; atilde;o importante para que possamos atender a todas exig ecirc;ncias da Fifa e garantir que as obras de infraestrutura e vi aacute;rias, previstas para Curitiba e regi atilde;o metropolitana, sejam realizadas rdquo;, afirmou Pessuti.
O governador lembrou ainda que algumas das obras j aacute; foram inauguradas, como o heliponto do Hospital do Trabalhador, e que outras est atilde;o em fase final de conclus atilde;o, como a trincheira no cruzamento da Avenida das Torres – Rui Barbosa, em S atilde;o Jos eacute; dos Pinhais (Regi atilde;o Metropolitana de Curitiba). ldquo;Tenho certeza que a Copa ser aacute; sediada e isto vai trazer benef iacute;cios para o Estado e para toda a popula ccedil; atilde;o paranaense rdquo;, afirmou o governador.
Para o secret aacute;rio-especial para Assuntos da Copa de 2014, Algaci T uacute;lio, o pr oacute;ximo desafio eacute; adaptar o Porto de Paranagu aacute; para o transporte de passageiros. ldquo;Queremos que os visitantes conhe ccedil;am os principais pontos tur iacute;sticos do Estado rdquo;, disse o secret aacute;rio-especial.

TOPO