Geral Rotina de prevenção

Posso pegar coronavírus fazendo compras? Veja dúvidas no “novo normal” da pandemia

(Foto: Divulgação)

Já estamos convivendo com a pandemia há algum tempo, mas não param as dúvidas sobre o coronavírus e a Covid-19. Entre os questionamentos estão aqueles relacionados à adaptação ao chamado “novo normal”, dentro de uma rotina de prevenção com a adoção de uma série de medidas em casa, no trabalho e em ambientes coletivos.

O Saúde Debate reuniu, com base em informações divulgadas por autoridades de saúde e órgãos da área, uma série de perguntas e respostas para você sanar suas dúvidas sobre coronavírus e Covid-19. Confira:

Casa do Eletricista – RETOMA

 

Posso pegar coronavírus fazendo compras?

Já se sabe que o coronavírus é transmitido por gotículas, que podem ficar em objetos e superfícies. Qualquer pessoa pode tocar neles e, em seguida, levar as mãos aos olhos, nariz e boca, concluindo o ciclo de transmissão. Por isto, para fazer as compras em segurança, a recomendação é manter pelo menos um metro de distância das demais pessoas e evitar tocar nos olhos, boca e nariz. No caso do Paraná, existe a obrigatoriedade do uso das máscaras em espaços coletivos e públicos, o que abrange supermercados, farmácias e lojas. É necessário lavar bem as mãos após chegar em casa e depois de manusear e armazenar os produtos adquiridos. Alguns especialistas ainda aconselham a limpeza das próprias embalagens antes do armazenamento. Atualmente, não há caso confirmado de Covid-19 transmitido por meio de alimentos ou embalagens de alimentos, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

 

O vírus pode sobreviver dias em determinadas superfícies?

Alguns estudos já demonstraram que o coronavírus pode sobreviver por até 72 horas (três dias) em plásticos e superfícies de aço inoxidável. As estimativas são de menos de um dia em papelão e menos de quatro horas para superfícies de cobre. Segundo a OPAS, desinfetantes domésticos comuns matam o coronavírus. A entidade reforça também a necessidade da lavagem constante das mãos com água e sabão ou com álcool em gel ou higienizador à base de álcool, evitando também tocar em olhos, boca e nariz.

 

Posso receber um pacote de qualquer área em que há registro de Covid-19?

Segundo a OPAS, sim. São baixos os riscos de pegar o coronavírus em um pacote que foi transportado e exposto a diferentes condições e temperaturas, além de ser pequena a probabilidade de uma pessoa infectada contaminar mercadorias comerciais.

 

Notas de dinheiro podem estar contaminadas com o coronavírus?

Segundo a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), não se pode afirmar com exatidão. Na dúvida, após mexer com as notas, lave as mãos com água e sabão ou use álcool gel 70%. E evite tocar nos olhos, boca ou nariz logo depois de mexer com notas de dinheiro.

 

Posso pegar o novo coronavírus no ambiente de trabalho?

Sim, pois alguém com coronavírus, quando tosse ou espirra libera gotículas infectadas. Essas gotículas caem em superfícies e objetos que podem ser compartilhados, como cadeiras, mesas e telefones. E uma pessoa pode tocar nesses objetos contaminados e, em seguida, levar as mãos aos olhos, nariz ou boca, contraindo o vírus. Por isso, é necessário adotar uma série de medidas para evitar a propagação do vírus neste espaço. Algumas delas são:

– Funcionários devem ser incentivados a lavarem as mãos regularmente;

– A empresa deve instalar pontos de álcool em gel em locais de alta visibilidade;

– Todos devem manter distanciamento social, em especial daqueles que estiverem tossindo ou espirrando;

– Avaliar benefícios e riscos de deslocamentos e viagens;

– Evitar enviar funcionários com maior riscos de doenças graves para áreas com propagação de Covid-19;

– Funcionários que apresentem sintomas devem ser isolados por 14 dias;

– A empresa deve garantir a limpeza e higiene dos locais de trabalho: mesas, bancadas, telefones, teclados e outros objetos precisam ser regularmente limpos com pano e desinfetante;

– Aconselhar sobre o descarte correto de lenços de papel: aqueles que apresentem coriza ou tosse devem descartar esse tipo de material nas latas de lixo do banheiro.

 

Fumantes têm maior risco de infecção pelo novo coronavírus?

Segundo a OPAS, existe uma maior probabilidade de que os fumantes sejam mais vulneráveis porque fumar significa levar os dedos em contato com os lábios, aumentando a possibilidade de transmissão do coronavírus. Outros produtos para fumar, que envolvem o compartilhamento – como o caso do nargilé -, também podem facilitar transmissão comunitária. São várias pessoas tocando o mesmo dispositivo com as mãos e a boca. Além disso, fumantes de cigarro e outros produtos de tabaco também podem apresentar problemas pulmonares e isso pode ser um agravante durante a evolução da Covid-19.

 

Com Bem Paraná

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO