Copagril – Compras no Site
Ford Ranger 2021 + Territory
Geral coronavírus

Rede hoteleira de Foz do Iguaçu se reinventa para manter empreendimentos

Hotel de Foz do Iguaçu está adaptando apartamento em escritórios para profissionais em home office  (Foto: Zito Terres/RPC)

A rede hoteleira de Foz do Iguaçu tem buscado alternativas para manter os negócios em meio à crise econômica causada pelo novo coronavírus, como a transformação de quartos de hotéis em escritórios e a venda de alimentos para pagar os custos básicos do local.

Dependente do turismo, a equipe de um hostel da cidade começou a produzir empadas argentinas para conseguir renda. Nesse período não há hóspedes e, por isso, tudo é preparado na cozinha do local.

O hostel contava com 80% de hóspedes estrangeiros, mas com as fronteiras fechadas e sem voos internacionais no aeroporto de Foz do Iguaçu, a mudança foi necessária para que o estabelecimento não fosse fechado.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR
“A empanada, logicamente, não traz todo faturamento que tínhamos, mas a gente consegue uma renda extra para ter como arcar com um pouco das despesas.”

O gerente de operações de um grande hotel da cidade, Fernandi Higa, disse que a busca pelo novo também foi importante. Neste caso, a empresa buscou atender pessoas que estão trabalhando em home office e transformou um dos quartos em escritório.

“A gente buscou tendências do mercado hoteleiro e até de comportamento do consumidor nas novas formas de trabalho”, contou Higa. 

Sem hóspedes, hostel passou a vender empadas argentina, em Foz do Iguaçu — Foto: Zito Terres/RPC

Sem hóspedes, hostel passou a vender empadas argentina, em Foz do Iguaçu (Foto: Zito Terres/RPC)

O hotel conta com 150 apartamentos e nove deles estão em fase de transformação para serem escritórios.

Até o momento, apenas um dos apartamentos está funcionando como escritório. A Procuradora da Fazenda Nacional Mariana Rachi Silva foi a primeira a buscar pela opção para trabalhar.

Ela é mãe de três crianças e queria tranquilidade para as filhas. Além disso, precisava evitar o risco de ser interrompida bem no meio de uma videoconferência.

“A casa já teve sua rotina alterada durante o dia, então não achei justo que à noite, no momento em que elas estão descansando, jantando, ainda tivessem que colaborar com mais um evento profissional meu”, explicou.

O estudante Mauro Nunes também aproveitou as adaptações da rede hoteleira. Em vez de alugar uma casa, ele procurou uma pousada para morar, pois o pacote inclui café da manhã, limpeza de quarto, água, luz e internet.

“Locando um imóvel teria condomínio e aluguel, e essas despesas ficariam quase o dobro do valor. Então essa foi a minha intenção, buscar no mercado para fazer essa opção de locação”, disse.

Hotéis em Foz do Iguaçu

 

Segundo o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu e Região (Sindhotéis), Foz do Iguaçu tem cerca de 30 mil leitos disponíveis.

Aproximadamente 180 estabelecimentos, como hotéis, resorts e pousadas, foram impactados pela pandemia.

Com G1 PR

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO