Copagril – Sou agro com orgulho
Geral

Rondon será referência na inclusão de peixe na merenda escolar

Desde o ano de 2010 alguns educandários de Marechal Cândido Rondon dispõe de polpa de peixe para enriquecer a merenda escolar. O projeto vem sendo ampliado gradativamente.

Na manhã de hoje reunião foi realizada na prefeitura, entre membros do poder público e integrantes da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Entre eles estiveram o prefeito Moacir Froehlich, secretária de educação Marta Salete Bendo, secretário de Agricultura, Urbano Mertz, e Ana Maria da Silva, Acadêmica do 5º Ano do curo de Engenharia de Pesca da Unioeste/Toledo.

Casa do Eletricista – Temporizador Jardim

Na ocasião aconteceu a assinatura de carta de apoio ao projeto, que deverá se tornar referência na região. O objetivo é nas próximas semanas formalizar um convênio.

A secretária de Educação, Marta Salete Bendo, enfatizou que o projeto teve início já no ano de 2009. “O projeto têm como parceiro a Unioeste. Desde 2009 estamos trabalhando com o mesmo. Em 2010 servimos a polpa em uma escola. Hoje seis educandários estão recebendo a polpa. O projeto têm se mostrado viável e a intenção é aumentar o número de escolas a serem beneficiadas”.

Marta destaca que o projeto teve uma participação fundamental de membros da Unioeste que verificaram a aceitação do produto entre os estudantes. “O alimento foi aceite praticamente por todos os alunos. Optou-se pela polpa de peixe, pois não trás nenhum problema com espinhas, portanto, ela pode ser servida a crianças de todas as idades, inclusive, crianças das creches”.

A acadêmica Ana Maria da Silva será uma das responsáveis pela replicação do projeto para outros municípios, como Guaíra, Foz do Iguaçu, Santa Helena, Itaipulândia e São Miguel do Guaçu, onde os pescadores já estão trabalhando com a polpa do peixe. O projeto também conta com o apoio do Centro de Estudo e Assessoria ao Desenvolvimento do Brasil. “Viemos na prefeitura para apresentar os resultados do projeto no município, e buscar apoio junto a prefeitura para que Marechal Rondon  seja pólo de referência na inclusão da polpa de peixe na merenda escolar.  A cozinha do CEMEP será utilizada para as demonstrações”.

TOPO