Ecoville – Maior rede de limpeza
Marechal Evento técnico

Agrônomos se reúnem nesta quinta-feira em Marechal Rondon para debater sobre “cigarrinha” do milho

(Foto: Divulgação)

A Associação dos Engenheiros Agrônomos do Oeste do Paraná (Asseapar) realiza nesta quinta-feira (13), às 19 horas, no auditório da Associação Comercial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), um evento técnico para profissionais de Agronomia da região referente à doença do milho denominada de “enfezamento pálido e enfezamento vermelho”.

“No ano passado já realizamos uma reunião técnica sobre o assunto, por conta do problema que se apresentava para os produtores e para nós profissionais, então era necessário debater, trocar experiências e difundir informações sobre a praga e os danos na lavoura de milho que ela estava ocasionando, visando também uma recomendação mais homogênea para nós profissionais”, expõe o presidente da Asseapar, engenheiro agrônomo Julian Stulp.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

Durante o evento desta noite, o engenheiro agrônomo e pesquisador Edson Sawada vai falar sobre os desafios no manejo da doença causada pela infecção da planta por micro-organismos semelhantes a bactérias denominadas de mollicutes, que são transmitidas de plantas doentes para plantas sadias, através do inseto vetor conhecido como “cigarrinha” do milho.

APRIMORAR CONHECIMENTOS

O presidente da Asseapar enfatiza o papel da entidade em reunir os profissionais agronômicos para aprimorar os seus conhecimentos técnicos em torno do assunto, que tem causado problemas à cultura do milho em todo o Paraná. “Afim de assolar os danos que possam surgir, temos que nos atualizar mais a respeito do tema, visando dar mais segurança ao produtor rural para que a tomada de decisão do produtor a campo seja mais assertiva, evitando que ocorram mais perdas com essa praga. Portanto, essa reunião com os profissionais de Agronomia é de uma importância extrema, para que possamos continuar a trocar informações e experiências assegurando alta produtividade e rentabilidade para nossa região”, destaca Stulp.

Com Rádio Difusora

Clique e participe do nosso grupo do Whatsapp

TOPO