Marechal Destaque nacional

Alunas do Colégio Eron Domingues se classificam ao Parlamento Jovem Brasileiro

Fotos: O Presente

Mais uma vez o Colégio Estadual Eron Domingues, de Marechal Cândido Rondon, tem seu nome na lista dos classificados ao programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), desta vez com as alunas Jenelly Richart e Gabriela Andreoli da Costa.

A participação de estudantes rondonenses nas edições do programa tem se tornado destaque nos últimos anos. Na edição 2019, dos 20 projetos de lei selecionados no Estado do Paraná, dez foram de alunos dos terceiros anos do Ensino Médio do Eron Domingues.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

Os estudantes, de acordo com a realidade da sua cidade e do país, observando os problemas que precisam de solução e propondo possíveis alternativas, elaboraram projetos de lei com base nos temas escolhidos por cada um para participar do PJB. No total, 78 projetos de estudantes brasileiros foram selecionados para integrar a jornada parlamentar que será realizada no período de 23 a 27 de setembro, em Brasília.

A professora Vera Pagnussatti, que coordena os trabalhos com os alunos dos terceiros anos pelo quarto ano consecutivo, diz que o sentimento é de dever cumprido. “O coração está explodindo de alegria e de satisfação”, destaca. “Esforço, dedicação, estudo e determinação foram ingredientes fundamentais para o resultado. Parabéns alunas que irão para Brasília representar nosso o Estado”, acrescenta.

O PJB tem por objetivo facilitar aos estudantes do Ensino Médio das escolas públicas e privadas brasileiras o exercício da cidadania e da vivência do processo legislativo. Durante o programa, os jovens participam de uma jornada de uma semana na Câmara dos Deputados, em Brasília, onde atuam como deputados federais de maneira simulada.

 

Histórico positivo

Nos quatro anos em que o projeto é aplicado em sala de aula no Eron Domingues pela professora Vera e dos 80 projetos já selecionados do Paraná, 38 deles foram de alunos do colégio rondonense. Nos últimos três anos, dos 15 estudantes selecionados para ir a Brasília, quatro foram rondonenses. No total, de 2016 a 2019, foram 37 projetos do Eron foram pré-selecionados.

 

Classificados

Além das alunas Jenelly Richart e Gabriela Andreoli da Costa, do Eron Domingues, foram classificados pelo Paraná outros três estudantes, sendo dois de Curitiba – Gabriel Andreola (Colégio Estadual do Paraná) e Munir Henrique Cipriano (Centro Estadual de Educação Profissional) – e um de Londrina – Willian Oliveira da Crus (Colégio Estadual Albino Feijó Sanches). Para conferir a classificação completa por Estado clique aqui.

 

ALUNAS CLASSIFICADAS FALAM SOBRE SEUS PROJETOS

Gabriela Andreoli da Costa, 18 anos:

“Meu projeto consiste na colocação de filtro nos bueiros, para dessa forma deixar os lixos retidos, fazendo com que a água passe mais facilmente. Vejo muito nos jornais sobre os problemas das enchentes, já que não tem por onde a água ser escoada, e várias casas são alagadas e famílias inteiras ficam sem moradia”.

 

Jenelly Richart, 16 anos:

“No meu projeto eu peço a construção de ciclovias em todo o perímetro urbano das cidades brasileiras. Vemos muitos ciclistas andando nas vias para carros, muitas vezes atrapalhando o trânsito, causando transtornos, acidentes e acarretando em casos mais graves. Se houvessem ciclovias, a atenção se voltaria para eles, além de melhorar a mobilidade urbana e trazer retornos ao meio ambiente, já que é uma forma de locomoção sustentável”.

 

Professora Vera Pagnussatti, que coordena os trabalhos com os alunos dos terceiros anos pelo quarto ano consecutivo: “O coração está explodindo de alegria e de satisfação” (Foto: O Presente)

 

O Presente

TOPO