Copagril
Marechal

Amigos do Peito atua como caminho de orientação

Joni Lang/OP

Os elevados índices de casos de câncer de mama no país e no Estado, aliados aos registros de óbito, acenderam um sinal de alerta a uma equipe de profissionais ligados à saúde. Apesar dos números positivos da campanha Outubro Rosa desenvolvida em Marechal Cândido Rondon, uma nova ideia surgiu visando rastrear o câncer de mama da população feminina com mais de 40 anos, prevenir que novos casos sejam registrados e conferir o melhor acompanhamento nos casos já existentes.

 

Trata-se do projeto Amigos do Peito, uma iniciativa do Hospital Rondon e do Convênio Sempre Vida, comandado pela administradora hospitalar Ana Carolina Seyboth e acompanhado pela mastologista Estela Eidt, pela gerente-administrativa Adelaide Eidelwein Pickler e pela gerente de atendimento Maria Tereza Wissmann.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

No dia do aniversário, as mulheres conveniadas ao Sempre Vida recebem desde a última segunda-feira (1º) uma ligação felicitando-as pela data e como presente as convida para realizar gratuitamente o exame de mamografia no Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Rondon.

Das 4.550 mulheres que receberão a ligação, estima-se que pelo menos 40% delas concordem em realizar o exame de mamografia pelo programa Amigos do Peito, o que representa 1,8 mil pessoas. Conforme a administradora hospitalar, com a chegada da mastologista, houve uma reestruturação no projeto. Pegamos a experiência do passado e aliamos com o novo projeto para ser realizado por tempo indeterminado. Criamos protocolo para ligação, agendamento e estimulamos as mulheres a fazerem o exame. Indicamos o ginecologista para quem referenciar em condições normais e no caso de achado a médica mastologista contata com o ginecologista da paciente, que vai conduzir para evoluir a uma ecografia, mastectomia radical ou biópsia de mama, explica.

TOPO