Copagril – Compras no Site
Marechal

Cercar conquista licença para instalar segunda usina hidrelétrica

Os deputados estaduais aprovaram nesta semana 18 projetos que se referem às licenças para instalar usinas hidrelétricas em território paranaense. Entre as beneficiadas está a Cooperativa Cercar, que possui a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Moinho em operação há cerca de dois anos e cinco meses no Rio Guaçu, no distrito de Novo Três Passos, interior de Marechal Cândido Rondon. Com a liberação da licença de instalação do projeto encaminhado pelo Governo do Estado, a Cercar está autorizada a seguir os trâmites visando à construção da sua segunda PCH.

O engenheiro eletricista João Pletsch disse ontem (17), à reportagem de O Presente, que o próximo passo será conversar com as famílias proprietárias das terras nas imediações. “Trata-se da segunda autorização para esta obra, pois a primeira foi concedida há meio ano pelo IAP (Instituto Ambiental do Paraná). A nossa ideia é se reunir com os proprietários das terras para prosseguir com o projeto. O alagamento deve ser o mesmo da atual usina, cujo projeto é de dez hectares na área total da obra”, salienta.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

 

Números

Pletsch enaltece que no ano de 2016 a PCH Moinho foi responsável por 22% da energia elétrica consumida em Marechal Rondon. “Os investimentos para a segunda usina estão avaliados em cerca de R$ 30 milhões, devendo a mesma entrar em operação no ano de 2020.

A previsão é de que ela também gere 3,7 megawatts”, ressalta, acrescentando que a Cercar analisa a possibilidade de pleitear uma terceira usina, com produção de aproximadamente três megawatts.

TOPO