Ford Ranger 2021 + Territory
Copagril – Compras no Site
Marechal

Cerimônia militar do BPFron marca entrega de Medalhas Heróis da Fronteira

Teve sequência, na manhã desta terça-feira (06), a programação alusiva às comemorações dos cinco anos de atividades do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) em Marechal Cândido Rondon.

Na ocasião, nas dependências do auditório da Associação Comercial e Empresarial (Acimacar), foi realizada uma cerimônia militar onde foram outorgadas as Medalhas denominadas de Heróis da Fronteira. O evento reuniu autoridades políticas, civis e militares das três companhias do BPFron, entre elas o comandante do 5o Comando Regional da PM no Oeste, coronel Lee Abe, o primeiro comandante do BPFron, tenente-coronel Erich Wagner Osternack, o atual comandante tenente-coronel Cezar Leroy Cooper, o sub-comandante major André Dorecki e comandantes das companhias instaladas nas cidades de Guaíra, Santo Antônio do Sudoeste e Marechal Rondon.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Na oportunidade, o comando da unidade realizou a entrega de medalhas para militares, civis e entidades públicas ou privadas que contribuíram e auxiliaram o BPFron nesse período.

Além dos policiais militares que mais se destacaram no trabalho prestado nestes 5 anos de BPFron, também foram agraciados com a medalha Mérito da Fronteira o deputado estadual Elio Rusch e o prefeito de Marechal Cândido Rondon, Marcio Rauber.

 

Trabalho integrado

Desde sua implantação no município, no ano de 2012, o BPFron realizou diversas apreensões e desenvolveu diversas operações de fiscalização em Marechal Rondon e municípios vizinhos.

Durante a cerimônia, foi apresentado um balanço dos resultados obtidos pelo BPFron ao longo destes cinco anos. Ao todo, foram apreendidas 18 toneladas de droga, 2 milhões de pacotes de cigarros, 22 mil volumes de contrabando, 1.349 veículos apreendidos, 309 veículos recuperados, 1.635 pessoas detidas e 392 menores apreendidos.

 Segundo o comandante da 1ª Companhia do BPFron, capitão Nairo Cardoso da Silva, a avaliação destes 5 anos de serviço é bastante positiva. Conforme ele, o BPFron tem superado as expectativas e demonstrado resultados profícuos e precisos. “O que marca o BPFron é a integração com as demais forças de segurança, por conta disso, estamos primando por esse trabalho em conjunto”, declara o capitão. “O trabalho específico do BPFron o é operar na faixa de fronteira e com a ajuda destas outras forças policiais conseguimos trabalhar com uma maior sustentação”, completa.

 

Histórico

O BPFron é uma unidade especializada da Polícia Militar do Estado do Paraná. É o primeiro Batalhão de Polícia de Fronteira do país, resultado de investimentos do Governo Federal, através do programa de Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (ENAFRON), instituído pela Presidência da República via Decreto nº 7.496/11. Criado em âmbito estadual pelo Decreto-lei nº 4.905 de 06 de junho de 2012, o BPFron é uma proposta para o desenvolvimento de ações relacionadas ao Plano Estratégico de Fronteira e ENAFRON, em parceria direta com o Governo do Estado do Paraná e subordinado diretamente ao Subcomandante Geral da Polícia Militar do Paraná.

O Batalhão de Polícia de Fronteira está presente em 139 cidade do Estado do Paraná, e dessas 19 estão na linha da fronteira, por isso o BPFron é responsável pelo policiamento ostensivo preventivo fardado, para a preservação da ordem pública e operações diversas para emprego em região de fronteira do Brasil com o Paraguai e Argentina. Também atua no recobrimento das unidades já instaladas e apoiando outras forças de Segurança Pública.

 

 

1ª Corrida do BPFron encerra comemorações

A 1ª Corrida do BPFron encerra a programação que marca o 5º aniversário do esquadrão. A atividade de cunho esportivo será realizada no dia 23 de julho, integrando a programação dos 57 anos de emancipação do município de Marechal Rondon.

A saída dos atletas será no BPFron, com chegada no Parque Ecológico Rodolfo Rieger, cujo trajeto a ser percorrido soma 6,3 quilômetros. A participação é aberta a toda comunidade, sendo que as inscrições custam R$ 60 mais taxa e podem ser realizadas na página www.rodrigocirilo.com.br, responsável pela organização e que atua na marcação da prova.

TOPO