Fale com a gente

Marechal Desenvolvimento de lideranças

Cojem Marechal comemora 30 anos com legado de transformação e impacto positivo na vida de centenas de jovens

Publicado

em

(Foto: Divulgação/Cojem Marechal)

O Conselho do Jovem Empreendedor de Marechal Cândido Rondon (Cojem Marechal), vinculado à Associação Comercial e Empresaria (Acimacar), completa três décadas de existência, marcadas por uma trajetória repleta de conquistas, comprometimento e crescimento pessoal e profissional dos seus membros. Desde sua fundação, em 1993, o Cojem tem sido um catalisador de mudanças transformadoras na vida de centenas de jovens lideranças e empresários.

Para celebrar os 30 anos de fundação, o conselho organizou um café da manhã neste sábado (24), realizado na sede da Acimacar. O evento contou com a presença dos ex-presidentes Sandro Scherer, Beto Von Muhlen, Lari Pedro Nunes, Hary Cassel Jr., Eda Benkendorf, Paulo Coppetti, Gabriel Volg Pereira, Sandra Serra, Kelin Gottardo, Thiago Wilhelms Silva, Mairus Gruber, Andreia Carlson e Rodrigo Zenatti. Além deles, participaram também o presidente da Acimacar, Paulo Grenzel, o gerente executivo da Acimacar, Marcelo Ewerling, a diretora de Eventos do Conselho da Mulher Empresária, Gladiane Linck, demais conselheiros e convidados.

Paulo Grenzel, atual presidente da Acimacar, reconhece o Cojem como um pilar essencial na história da associação comercial, enaltecendo o legado de líderes que contribuíram para o crescimento e desenvolvimento dos jovens no município. “O Cojem é um núcleo importante na construção da história da associação comercial. São 30 anos em que grandes líderes estão cedendo sua expertise e seu tempo para o desenvolvimento dos jovens do nosso município. Estou muito feliz de, nesta cerimônia festiva, representar a Acimacar, que é a casa que propicia o crescimento desse movimento, e de ver que todos esses jovens estão muito bem encaminhados e que o movimento continua a fomentar esse crescimento e a expertise nos jovens rondonenses”, afirmou.

O vice-presidente dos Núcleos Setoriais da Acimacar, Rodrigo Glesse, evidenciou a importância do Cojem na formação de jovens lideranças, na contribuição para o desenvolvimento da classe empresarial local e a constante transformação que os participantes experimentam ao longo de sua jornada no conselho. “Muitas pessoas que deram seus primeiros passos no Cojem presidiram a Acimacar anos depois e tantos outros contribuem até hoje com o movimento associativista. Participar do Cojem é uma experiência que altera o curso de vida das pessoas. Aqueles que se envolvem e se comprometem efetivamente com o conselho não permanecem no mesmo patamar em que estavam quando ingressaram. Eles crescem, desenvolvem-se e se tornam empreendedores ou líderes dentro de suas empresas. O Cojem é um verdadeiro impulsionador do crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional”, enfatizou.

Desenvolvimento humano e empresarial

Relembrando o início da jornada, Sandro Scherer, o primeiro presidente do Cojem Marechal, destacou o crescimento pessoal dos membros ao longo dos anos e o compromisso contínuo com o propósito inicial de desenvolvimento humano e empresarial. “Hoje, após três décadas, testemunhamos não apenas o desenvolvimento estrutural da Acimacar, mas também do Cojem, que está integrado à associação. Essa evolução é evidente, mas o que realmente me impressiona é o crescimento pessoal. O grupo começou pequeno, com um propósito claro: ajudar no desenvolvimento das pessoas. Ao retornar hoje percebo que esse propósito permaneceu intacto e, além disso, há uma dedicação genuína e um amor pelo que fazem, o que é verdadeiramente gratificante vivenciar”, salientou, acrescentando: “Ao longo dos anos, muitas pessoas passaram pelo conselho, mas os marcos que deixaram refletem no comprometimento dos jovens que hoje continuam o trabalho iniciado há três décadas. Parabéns a todos vocês”.

Legário Gilberto von Mühlen (Beto), presidente da Acimacar em duas gestões (1997/1998 e 2002/2003) após liderar o Cojem entre 1995 e 1996, realça o papel fundamental do conselho na preparação da próxima geração de empresários, especialmente em meio aos desafios da sucessão familiar. “Três décadas atrás, um grupo de jovens teve a visão de se unir para nos preparar para assumir papéis-chave no mundo dos negócios, seja no comércio, na indústria ou em qualquer outro cenário que demandasse nossas habilidades. Atualmente, muitos empresários enfrentam desafios relacionados à sucessão familiar, e o Cojem se destaca como uma porta de entrada para que esses jovens se preparem adequadamente para assumir os negócios de suas famílias. Convidamos os empresários a enviarem seus filhos para participar do Cojem, aqui encontrarão um ambiente extremamente positivo, propício para desenvolver suas habilidades, interagir com outros jovens e, sem dúvida alguma, estarão melhores preparados para assumir os negócios da família”, evidenciou Beto.

Conquistas recentes

A presidente da gestão 2023/2024, Alana Ferreira, destacou as realizações recentes do conselho, enfatizando seu papel transformador na comunidade. “É inspirador ver o poder que o conselho tem de transformar, de formar novas lideranças e de capacitar os jovens. Acredito que esse aniversário tem um significado ainda maior a ser comemorado quando olhamos para trás e vemos as conquistas do último ano. Conseguimos implantar o Impostômetro na Câmara de Vereadores, criamos junto à Câmara o Dia Municipal do Empreendedor Jovem, comemorado justamente hoje, no dia do aniversário do Cojem. E uma conquista que ultrapassa os limites regionais, somos exemplo no Paraná, pois alcançamos a nota máxima na Certificação da Faciap Jovem, sendo assim o melhor conselho jovem do Paraná”, enalteceu, complementando: “Um trabalho construído ao longo dos anos, que rendeu bons frutos e exemplos a serem seguidos. Gosto de pensar que o Cojem é uma escola, onde podemos aprender, fazer novas amizades e desenvolver a nossa liderança”.

Impacto transformador

Por fim, Sandra Serra, que presidiu o conselho em 2013/2014, destacou o aprendizado pessoal e profissional que o Cojem proporcionou, enfatizando a importância do serviço à comunidade e o impacto transformador dessa experiência em sua vida. “Hoje em dia a gente não pode ser apenas um bom profissional, temos que ser também um excelente ser humano. E o Cojem me ensinou muito o ato de servir, o que me desenvolveu muito o lado humano e também o lado profissional, que me fez conhecer pessoas que na minha realidade eu jamais teria conhecido. O Cojem me levou a lugares que sozinha eu jamais iria. Se olhar para a minha história, estar onde estou hoje, não tem como não dizer que foi o Cojem que me proporcionou isso. Sou muito grata por esta oportunidade, pela Acimacar ter aberto as portas, por um grupo ter formado o Cojem e por nós termos a coragem de dar continuidade a esse legado”, frisou Sandra.

História do Cojem Marechal

Fundado em 24 de fevereiro de 1994, o Conselho do Jovem Empreendedor de Marechal Cândido Rondon completa este ano três décadas de uma trajetória dedicada ao desenvolvimento do empreendedorismo e à formação de novas lideranças.

Composto atualmente por 16 conselheiros atuantes, o Cojem tem como missão promover o fortalecimento do associativismo, integrar os jovens com a comunidade e ser uma referência de liderança empreendedora. Seus valores fundamentais incluem integridade, associativismo, crescimento contínuo, empreendedorismo, liderança, reconhecimento e comprometimento.

Ao longo dos últimos 30 anos, o Cojem Marechal realizou diversas iniciativas de destaque, demonstrando seu compromisso com o desenvolvimento local e regional. Entre essas ações, destacam-se:

  • O Concurso de Vídeo Amador Jovem Empreendedor de Marechal Cândido Rondon, voltado para alunos do 9º ano da rede pública e privada, com o objetivo de incentivar o empreendedorismo entre os jovens.
  • A Rodada de Negócios, evento realizado duas vezes por ano, que proporciona a oportunidade para 25 empresários de diferentes setores apresentarem seus produtos ou serviços a 24 empresas, estimulando o networking e gerando negócios.
  • O Feirão do Imposto, uma iniciativa anual que visa conscientizar a população sobre a carga tributária brasileira, destacando a importância da educação fiscal.
  • Os Jogos dos Jovens Empresários do Paraná (Jojeps), iniciativa que visa promover uma vida saudável por meio da prática esportiva, teve origem no Cojem Marechal e hoje é replicado em todo o Paraná.
  • E o projeto EU COJEM, que tem como objetivo construir a imagem pessoal dos conselheiros, contribuindo para o posicionamento de marca, espírito empreendedor e corporativo.

Em 2023, o Cojem alcançou importantes conquistas, como a instalação do Impostômetro na Câmara de Vereadores e a aprovação do Projeto de Lei que instituiu o Dia Municipal do Empreendedor Jovem, celebrado anualmente em 24 de fevereiro, data do aniversário do conselho.

Além dessas atividades, o Cojem promove viagens técnicas, treinamentos, palestras de capacitação e participa ativamente de eventos como o Dia de Cooperar e a Semana Nacional do Empreendedorismo.

Ao longo de suas três décadas de história, o Cojem teve 27 presidentes que desempenharam papéis fundamentais na construção e consolidação do conselho como um agente de transformação na comunidade local, regional e estadual.

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente