Marechal

Começam a faltar alimentos nos supermercados

Giuliano De Luca

Reflexo das grave, já aparece nas prateleiras do supermercado

A greve dos caminhoneiros completa uma semana hoje (25), sem previsão de término, e os prejuízos aos setores produtivos e ao consumidor começam a ficar mais claros. Em Marechal Cândido Rondon, supermercados sofrem com o não recebimento dos produtos de seus fornecedores e as prateleiras de alguns itens já estão vazias.

Em um dos maiores supermercados rondonense, boa parte da carne já desapareceu das gôndolas. Muito fornecedor deixou de entregar para nós. Cerca de cinco mil quilos, que deveriam chegar hoje (ontem, 24), já não vêm mais. Não temos como prever o que vai acontecer. Está bem complicado e não temos o que fazer, pontua o gerente da unidade, Gilmar João Zanatta. Só temos mesmo é que esperar essa greve dos caminhoneiros se resolver, amplia.

Casa do Eletricista – RETOMA
TOPO