Copagril – Sou agro com orgulho
Marechal Preparativos

Convenção Nacional da JCI de 2022 será em Marechal Rondon

Comitiva da JCI rondonense que participou da Convenção Nacional em São Miguel do Oeste, no Estado de Santa Catarina (Foto: Divulgação)

Os últimos dias foram movimentados para os representantes da Câmara Júnior Internacional (JCI) de Marechal Cândido Rondon. Uma comitiva do capítulo local participou em São Miguel do Oeste (SC) do evento anual organização.

Com o tema “O respeito transforma o mundo”, a 67ª Convenção Nacional da JCI Brasil e a 24ª Convenção do Senado JCI Brasil teve programação desde sábado (09), encerrando na noite de ontem (11). Com duração de dois dias, a assembleia ordinária foi de trabalho intenso, expõe o presidente da JCI rondonense, Lucas Dierings. “Tivemos bastante pautas para votação e decisões em nível de JCI Brasil. Estamos muito felizes em estar de volta a um evento presencial”, enalteceu ao O Presente.

Casa do Eletricista ROWA

O rondonense Gilson Metz, membro da JCI e senador, foi eleito como presidente nacional do Senado e vai representar o grupo em 2022.

Nied 2021 I1

Já a estudante Amanda Dias Kloehn, do Colégio Estadual Cívico-Militar Frentino Sackser, conquistou o 3º lugar do Concurso Nacional de Oratória nas Escolas.

Até o fechamento desta matéria não eram conhecidos os demais resultados das premiações.

 

Convenção em Marechal Rondon

Eleito no ano passado e com divulgação em massa nesta edição, o município de Marechal Rondon será sede da Convenção Nacional 2022. “Receberemos membros da JCI de todo o Brasil e companheiros do mundo em nossa cidade. Para nós, é uma grande felicidade fazer essa convenção, porque é a primeira vez que realizaremos uma Convenção Nacional em Marechal Rondon. Vamos organizar esse evento com muito carinho e gratidão”, assegura Dierings.

Ele vê a organização do evento como uma oportunidade tanto para os membros da JCI quanto para a comunidade rondonense. “É um aprendizado, porque todos os projetos que realizamos nos desenvolvem. Todos os anos temos vários projetos e precisávamos de algo maior para inspirar a todos e criar impacto na sociedade. Por isso vamos sediar a Convenção Nacional, a fim de levar conteúdo, conhecimento e aprendizado aos nossos companheiros”, frisa.

 

Movimento no município

Desde já há uma grande força-tarefa em torno dos preparativos do evento futuro, conta o presidente. “Vamos atrair muito público com uma infraestrutura muito grande. Esperamos que o Teatro Municipal esteja pronto até lá. O evento vai gerar um movimento grande na cidade e os hotéis atenderão essa demanda”, pontua.

Dierings assegura que o movimento será benéfico para a sociedade rondonense. “Temos toda essa frente para oferecer à população. A gente melhora a questão do comércio, traz treinamentos, capacitações e palestras. Com isso, auxiliamos os empresários rondonenses a capacitarem suas empresas e colaboradores”, expõe.

 

Evento aberto

Além de ser sede da Convenção Nacional pela primeira vez, o presidente da JCI destaca que o evento em Marechal Rondon será aberto para o público, o que nunca foi feito em edições anteriores. “Esperamos atrair bons patrocinadores e pretendemos disponibilizar nossas palestras magnas para toda a sociedade. Isso é inédito em uma Convenção Nacional da JCI. Normalmente, o evento é fechado para membros e aqui, exclusivamente, queremos abrir para a população”, adianta, mencionando que a comunidade pode esperar um grande evento.

 

Comitiva da JCI rondonense que participou da Convenção Nacional em São Miguel do Oeste, no Estado de Santa Catarina (Foto: Divulgação)

 

Presidente da JCI rondonense, Lucas Dierings: “Tivemos bastante pautas para votação e decisões em nível de JCI Brasil. Estamos muito felizes em estar de volta a um evento presencial” (Foto: Divulgação)

 

Amanda Dias Kloehn, do Colégio Estadual Cívico-Militar Frentino Sackser, conquistou o 3º lugar do Concurso Nacional de Oratória nas Escolas (Foto: Divulgação)

 

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Grupo Costa Oeste 2021
TOPO