Copagril
Marechal

Convênio viabiliza realização de diagnóstico da sociedade

Ademir Herrmann

Prefeito Moacir Froehlich assinou o contrato de prestação de serviços que garante a parceria entre o município e a Unioeste

Contrato de prestação de serviços foi assinado nesta segunda-feira (29) entre a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e a prefeitura de Marechal Cândido Rondon para a realização de um diagnóstico da sociedade civil organizada, com o objetivo de mapear e realizar levantamento das entidades para a elaboração de catálogo descritivo, apresentando dados e atuação nas diferentes áreas e regiões do município.

Estiveram presentes o diretor do campus da Unioeste rondonense, Paulo Koling, prefeito Moacir Froehlich, vice-prefeito Silvestre Cottica, secretária de Assistência Social, primeira-dam Maria Cleonice Froehlich, representantes do Núcleo de Pesquisa e Documentação sobre o Oeste do Paraná (Cepedal), secretários municipais e colaboradores do paço municipal.

Casa do Eletricista CÂMERAS

O convênio servirá para que a Unioeste possa fazer um levantamento de dados e de imagens da história do município, desde a sua colonização. Temos que agradecer a confiança depositada pela prefeitura na universidade em mais este projeto. Temos um compromisso social com a história do município, através das imagens e das entidades. Esta coleta de informações vai beneficiar a sociedade e a universidade. Será um grande projeto, ressalta Koling.

Conforme Maria Cleonice, a coleta de informações iniciou no ano passado, sendo que este material será repassado para a Unioeste. A equipe do Cepedal, segundo ela, dará sequência a este trabalho. Conforme aconteceu no ano passado, na Expo Rondon 2015 novamente haverá o espaço denominado de Casa da Comunidade. Neste local acontecerá a recolha de dados e também um acervo fotográfico que estará disponível para que a população possa identificar as imagens que não possuem dados. O nome do projeto será Marechal em imagens – faço parte desta história. É um projeto muito importante para a história do município, que garantirá um patrimônio de imagens e informações muito importantes, ressalta a secretária de Assistência Social.

TOPO