Pref. MCR – OktoberFest MCR 2019
Marechal

Daremos continuidade ao teatro respeitando cada fase da obra, diz secretária de Cultura

 

Mirely Weirich/OP

Marcia Andréia Veit, secretaria de Cultura e responsável pela Proem: Ofertaremos na Escola de Artes os quatro eixos da arte: música, dança, teatro e artes visuais, desde os quatro anos até a terceira idade

 

Estabelecendo como meta oferecer atividades culturais a todos os munícipes, por meio de oficinas, apresentações e espetáculos, a nova responsável pela Secretaria de Cultura, Marcia Andréia Veit, que também assumiu a Fundação Promotora de Eventos de Marechal Cândido Rondon (Proem) -, afirma que ambas as pastas já estão com equipes estruturadas e dando continuidade às atividades neste início de mandato.

Mesmo com otimismo ao falar da edificação do Teatro Municipal, um dos projetos encabeçados pela secretaria e esperados pela população rondonense há pelo menos oito anos, Marcia esclarece que não é possível estabelecer um prazo para que a estrutura seja finalizada e possa receber espetáculos. Mas a obra não está parada, até porque a estrutura da Escola de Artes também vai passar para uma parte anexa ao Teatro, obra que vai acontecer em outra etapa, enfatiza.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

De acordo com ela, atualmente o local ainda está recebendo o novo telhado, afetado pelo tornado que passou por Marechal Rondon em 2015. Essa estrutura foi afetada de forma bastante visível e não foi tão simples. Assim que essa empresa finalizar o telhado, outra empresa já licitada pela gestão anterior dará andamento à parte cenotécnica, garante. Nós estamos respeitando o tempo necessário para a conclusão de cada uma dessas fases, complementa a secretária.

A composição cenotécnica diz respeito à montagem e ao funcionamento de cenários e demais elementos cênicos, como a estrutura do palco, por exemplo, o que, de acordo com Marcia, é bastante delicado. A empresa está montando parte dos equipamentos em Curitiba, onde é a sede, e assim que possível vai trazer para instalar aqui, menciona.

 

Oficinas culturais

Marcia diz que as oficinas ofertadas pela Escola de Artes já estão definidas e as inscrições para os cursos serão abertas a partir do dia 08 de fevereiro, junto à estrutura da prefeitura no Parque de Exposições.

Nas oficinas de músicas, os interessados poderão optar por aulas de instrumentos de sopro (flauta, sax e trompete) e corda (violão, guitarra e baixo), além de bateria e acordeon. Nas oficinas de grupo teremos a novidades do balé, que será ofertado para crianças a partir dos quatro anos. Estamos com uma expectativa muito grande de procura de alunos para esta oficina, declara.

A Escola de Artes também oferece cursos de jazz para jovens e adultos, dança folclórica para turmas de maternal, infantil, juvenil e adulto, circo e teatro infantil e juvenil, coral juvenil e orquestra de sopros. Outra novidade está na pasta de arte e artesanato. Desta forma, ofertaremos os quatro eixos da arte: música, dança, teatro e artes visuais, desde os quatro anos até a terceira idade, ressalta Marcia.

Ela lembra que as inscrições para todas as oficinas são gratuitas e os interessados devem preencher a ficha de matrícula e entregar uma cópia do RG e de um comprovante de residência. Caso o aluno for menor de idade, a ficha deverá ser assinada por um responsável. É importante lembrar que nas oficinas de música o aluno precisa ter o instrumento, bem como nas aulas de balé é preciso ter a roupa apropriada, como colante e sapatilha, complementa.

 

Projetos

Para este início de ano, a secretária de Cultura ressalta que um dos primeiros projetos será uma tenda literária, programada para abril,  que levará as bibliotecas municipais para atender a comunidade nas escolas. Nosso objetivo é, além de retomar o foco literário que foi deixado um pouco de lado pelo acesso cada vez mais fácil às novas tecnologias, levar a literatura para as comunidades, enfatiza.

Já para a Proem, que também está a cargo da secretária de Cultura, trabalhará em parceria com todas as pastas da municipalidade nos eventos oficiais do município. Seja na festa do município, Miss Rondon ou na Oktoberfest, por exemplo, a Fundação será parceira das demais secretarias para dar andamento aos eventos, conclui Marcia.

TOPO