Ford Show Rural
Ecoville – Maior rede de limpeza
Marechal Unioeste

Diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas do campus rondonense quer o fortalecimento da pesquisa

(Foto: Divulgação)

Em sua proposta de trabalho à frente do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) do campus de Marechal Cândido Rondon da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), o diretor Valnir Alberto Brandt pretende promover maior interlocução com o meio empresarial para a inserção dos acadêmicos no mercado de trabalho. Além disso, o fortalecimento da pesquisa é uma atividade que o novo diretor sustentará durante toda a sua gestão.

Valnir Alberto Brandt é doutor em Contabilidade pela Universidade do Minho em Braga, Portugal – Reconhecido pela USP como Doutor em Controladoria e Contabilidade, Mestre em Contabilidade e Controladoria pela FEA/USP. Especialista em Gerência de Custos e Orçamento pela Unioeste. Graduação em Ciências Contábeis pela Unioeste (1984). Atualmente é professor adjunto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Tem experiência na área de Ciências Contábeis, atuando principalmente nos seguintes temas: finanças, capital de giro, análise de balanços, análise financeira, balanço social, gestão do conhecimento, evidenciação de ativos intangíveis. Desde 2003, atua como avaliador de cursos para o INEP/MEC.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

 

1. Quais os projetos imediatos que o senhor tem para o seu Centro na gestão 2020-2023?

Os cursos que compõem o CCSA têm como meta formar cidadãos aptos a exercer sua função no mercado de trabalho, que busca profissionais dessas áreas de formação, a saber: Administração, Ciências Contábeis e Direitos. O objetivo primeiro é o de montar uma estrutura que permita uma maior interlocução com o meio empresarial, visando facilitar a elaboração de convênios, considerando que agora com o Sisu temos muitos alunos vindo de outras regiões e cidades muito distantes da nossa, tendo que fixar residência aqui em Marechal Cândido Rondon, trazendo junto a necessidade de obter uma renda para se manter, a qual pode ser obtida através de estágios remunerados.

Atualmente os cursos do CCSA tem um elevado número de acadêmicos a quem é dada essa oportunidade, através das práticas de estágio remunerado, cabe ao Centro estimular cada vez mais essas práticas, mediante um trabalho de conscientização junto ao empresariado local e regional, com reuniões, palestras e demais atividades necessárias, para ressaltar da importância desse tipo de trabalho, tornando a universidade um grande centro de formação de mão-de-obra especializada, cujo mercado é receptivo a esse tipo de atividade.

 

2. Qual o planejamento, a longo prazo, para sua gestão?

O fortalecimento da pesquisa será uma busca incessante. O CCSA conta atualmente com quatro grupos de pesquisas, sendo o menor número entre todos os centros que compõem a Unioeste, de acordo com o último levantamento feito pela PRPPG. É necessário consolidar e dar condições para que os pesquisadores possam desenvolver suas atividades. Cabe ao Centro desenvolver atividades no sentido esclarecer e estimular a criação de novos grupos. Muitos grupos poderão surgir, uma vez que há uma disposição e vontade dos docentes e discentes de participarem dessas atividades.

Cabe ao Centro desenvolver atividades de cunho científico, através das quais pesquisadores e acadêmicos possam divulgar o resultado de suas pesquisas e seus trabalhos. Os cursos do CCSA têm desenvolvido trabalhos excelentes com os acadêmicos mediante a prática de Estágios Supervisionados ou Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC).

Tais atividades podem ser voltadas às linhas de pesquisas vinculadas aos grupos de pesquisas num trabalho que possa culminar em publicações e apresentações em eventos científicos.

Tais linhas devem estar em consonância com a revista publicada pelo CCSA. A revista denominada de “Ciências Sociais Aplicadas em Revista”, teve ao longo dos últimos quatro anos, uma atenção especial, passando a ser totalmente eletrônica.

Seguindo a tendência dos cursos superiores, o objetivo do ensino está centrado na verticalização, devendo para isso criar condições e estrutura para a manutenção de Programas de pós-graduação, fazendo com que os cursos ligados ao centro consigam operacionalizar e viabilizar sua realização.

O objetivo maior será a implantação de um curso de mestrado que venha a atender a demanda hoje existente, e inserir o CCSA no âmbito do strictu sensu.

Dada às características dos cursos que compõem o CCSA, a pós-graduação lato sensu sempre desenvolveu um importante papel na qualificação dos profissionais que atuam no mercado de trabalho, nos três cursos que compõem o Centro. Assim, serão desenvolvidos projetos que incentivem a criação destes cursos os quais podem ser presenciais, ou semipresenciais.

 

3.Como se compõe seu Centro hoje (número de cursos, docentes, acadêmicos e estrutura física)?

O CCSA/MCR é composto por três cursos: Administração – Ciências Contábeis e Direito. O número de docentes efetivos é de 39 mais 6 colaboradores. O número de alunos matriculados, com base no ano de 2019 é de 554. Para dar suporte aos cursos, o CCSA mantém 2 laboratórios de informática, com 40 computadores cada, o qual também é disponibilizado para os demais cursos do campus. Há um laboratório de pesquisa em Contabilidade Pública, o Núcleo de Apoio a Pequenas e Médias Empresas, o Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ), o Núcleo de Estudos e Defesa da Infância e Juventude (NEDDIJ).

 

Com assessoria

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO