Copagril
Marechal Resultado positivo

Exame confirma que médico rondonense Orlando Serpa faleceu por H1N1

Exames revelaram que o rondonense Orlando Serpa, de 59 anos, que faleceu no último dia 07, em um hospital de Toledo, foi vítima do vírus H1N1 (Foto: Divulgação)

Exames revelam que o médico rondonense Orlando Serpa, de 59 anos, que faleceu no último dia 07, em um hospital de Toledo, foi vítima do vírus H1N1.

Com desconforto respiratório, o rondonense buscou ajuda em Marechal Cândido Rondon e posteriormente foi encaminhado para Toledo, onde se encontrava na Unidade de Terapia Intensiva quando faleceu.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

O material foi coletado e enviado ao Laboratório Central do Estado, em Curitiba, e o resultado liberado nesta quinta-feira (16).

A primeira morte por H1N1 em Marechal Rondon foi confirmada também pela Secretaria Municipal de Saúde.

O setor está em alerta, pois existe mais um caso de um paciente que está hospitalizado em estado grave em Marechal Rondon, também com suspeita de ter contraído o mesmo vírus.

 

Com Rádio Educadora 

TOPO