Ecoville – Maior rede de limpeza
Ford Show Rural
Marechal O valor é de quase R$ 93 mil

Implemento agrícola é entregue na Linha Maracanã

(Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

  • (Foto: Divulgação)

  • (Foto: Divulgação)

  • (Foto: Divulgação)

Membros da Associação de Moradores de Linha Maracanã, interior de Marechal Rondon, participaram nesta quarta-feira, dia 18, de evento que marcou o repasse de um distribuidor de esterco seco para a localidade, por parte da administração municipal, através da Secretaria de Agricultura e Política Ambiental.

Também estiveram presentes o vice-prefeito Ilário Hofstaetter (o Ila), secretário de Agricultura e Política Ambiental, Adriano Backes, secretário de Gabinete, Valdir Sachser, vereador Vanderlei Sauer, e o presidente da associação de moradores, Martim Fiss.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

A associação foi fundada em 1994 e, conforme o presidente, é a primeira máquina destinada para a entidade. “O equipamento é de suma importância para a associação, pois vai beneficiar muitos agricultores. Cerca de 95% são pequenas propriedades, que talvez não teriam condições de adquirir um equipamento assim, por isso estamos muito contentes. Agradecemos a administração municipal por este benefício”, destaca Fiss.

O vice-prefeito Ila aproveitou a oportunidade para levar mais uma ótima notícia para a comunidade, que é a pavimentação com pedras irregulares desde a Associação de Moradores de Linha Arara, passando pela Linha Maracanã, até a Linha São Cristóvão. Os recursos, segundo Ila, foram confirmados através de ofício encaminhado nessa semana pelo deputado federal José Carlos Schiavinato. Outras linhas também serão beneficiadas.

A programação de entrega de implementos segue amanhã, quinta-feira, às 10h30, na Linha Horizonte (Clube Lira). Na oportunidade será repassado um distribuidor de ureia.

Nas linhas Marrecos, Wilhelms, Ajuricaba e Boa Vista, foram entregues mais equipamentos. Os repasses estão sendo realizados pela prefeitura rondonense, através da Secretaria de Agricultura e Política Ambiental. No total, o valor dos equipamentos é de quase R$ 93 mil, oriundo de emendas parlamentares nos anos de 2015 e 2016, dos então deputados federais Dilceu Sperafico, Sérgio Souza e Fernando Francischini.

 

 

Com assessoria

TOPO