Ford Ranger 2021 + Territory
Copagril – Compras no Site
Marechal Ampliação

Inaugurado novo prédio do Colégio Evangélico Martin Luther

(Fotos: João Livi/OP)
  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

  • (Foto: João Livi/OP)

O Colégio Evangélico Martin Luther, de Marechal Cândido Rondon, inaugurou na sexta-feira (22) o novo prédio da instituição. A estrutura servirá de espaço para o desenvolvimento de projetos e de ambiente de convívio entre os alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.

Segundo o pastor Ildemar Kanitz, que está há sete anos à frente da direção do colégio, ano a ano são estipuladas metas ousadas que visam inovar o processo de ensino do Martin Luther. Consequentemente, acrescenta ele, chegou um momento em que o estabelecimento de ensino não tinha mais espaço físico para atender todas as novidades e o montante de novos alunos, por isso houve a necessidade de construir um prédio novo.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

A inauguração ocorreu em frente ao prédio novo. A solenidade contou com a presença de autoridades, lideranças, empresários, pais de alunos, alunos e convidados. “A programação da inauguração contou com pronunciamentos, seguidos de apresentação do Coro Juvenil e de bênçãos do pastor sinodal Afonso Adolfo Weimer, de Toledo. Depois haverá coquetel para os presentes”, detalha o diretor.

 

PLANEJAMENTO

A área que abriga o edifício novo antes era um pátio com cobertura singela, aberto nas laterais, o que, de acordo com o diretor, prejudicava as brincadeiras e atividades das crianças em dias de chuva. “Nós tínhamos muitas ideias, mas não tínhamos espaço e nem as condições ideais. Então, reunimos todas essas ideias, resolvemos mexer no espaço existente e planejamos o novo espaço”, comenta Kanitz.

Ele expõe que a estrutura foi construída pensando no futuro. “O edifício tem capacidade para comportar quatro andares. A princípio, são dois. Todavia, se continuarmos com uma grande procura por parte de pais que desejam matricular seus filhos no colégio, ampliaremos o prédio”, menciona, acrescentando: “Na época do planejamento, pensávamos que daqui a aproximadamente oito anos a estrutura teria de ser aumentada. Hoje, o prazo diminuiu e a estimativa é de que daqui a mais ou menos dois anos precisaremos construir o terceiro e o quarto piso, sempre pensando de forma planejada e sem pressa”.

Conforme o diretor, na época de planejamento do edifício, o colégio ainda não tinha planos de ofertar educação bilíngue, mas tal projeto se tornou realidade este ano e já são três salas de aula desta modalidade no novo prédio.

 

PRÉDIO NOVO

Com 1.024 metros quadrados e cerca de um ano e meio voltados à construção, o prédio que será inaugurado tem dois andares, possuiu seis salas de aula e duas áreas de convivência. Além disso, a fim de tornar o colégio cada vez mais acessível, o novo espaço conta com elevador para facilitar a vida daqueles que possuem dificuldades de locomoção.

Uma das áreas de convívio é destinada aos alunos do Ensino Fundamental I, equipada com brinquedos e amplo espaço para jogos e brincadeiras. A outra área de convivência possui mesa de sinuca e jogos eletrônicos, como Playstation. “Assim, torna-se atrativa para os estudantes do Ensino Médio”, salienta Kanitz.

Em relação ao investimento, ele diz que um terço dos recursos é proveniente do colégio e possibilitou a conclusão de quatro das seis salas de aula e os outros dois terços foram viabilizados mediante financiamento junto ao Sicoob e permitiram a finalização da obra. “Faltam apenas alguns retoques na pintura e na marquise, bem como acabamentos externos para serem executados até o dia da inauguração. A área interna da obra está completamente finalizada”, aponta.

 

PROJETOS FUTUROS

O diretor destaca que o Colégio Martin Luther inova constantemente sem perder a sua identidade. “Isso é muito importante: inovar sem perder a identidade. Não é inovar por inovar, simplesmente para fazer diferente. Trata-se de trazer inovação para complementar o que a escola quer”, enaltece.

Além da possível construção do terceiro e quarto andares no prédio novo, Kanitz ressalta que já existe outro projeto em andamento: a repaginação da Educação Infantil. “Temos o projeto de construir um prédio novo também para a Educação Infantil, objetivando incrementar o que já existe na instituição. Nesse novo espaço haverá atenção exclusiva ao desenvolvimento psicomotor da criança, com novidades para Marechal Rondon”, revela.

 

O Presente

 

(Vídeos: João Livi/OP)

 

TOPO