Marechal Intervenções

Iniciadas obras nas rampas dos atracadouros na praia de Porto Mendes

(Foto: Joni Lang/OP)
  • Secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Sérgio Marcucci: “A gente não pode perder tempo, pois se o lago subir não haverá como executar o serviço, portanto a hora certa é agora para terminar o quanto antes possível” (Foto: Joni Lang/OP)

  • Atracadouro localizado à esquerda do parque de lazer também receberá intervenções (Foto: Joni Lang/OP)

  • Rampa do atracadouro central vai receber melhorias para facilitar a descida de veículos com embarcações (Foto: Joni Lang/OP)

  • Baixa considerável nas águas do Lago de Itaipu possibilita a execução do serviço. Pedras serão colocadas nas áreas de acesso (Foto: Joni Lang/OP)

  • Intervenções devem ser concluídas em média duas semanas após serem iniciadas. Haverá aplicação de pedras e de 240 metros cúbicos de concreto usinado na parte asfáltica (Foto: Joni Lang/OP)

  • Estiagem prolongada causou baixa no Lago de Itaipu; praia está interditada para banho (Foto: Joni Lang/OP)

  • (Foto: Divulgação)

  • (Foto: Divulgação)

  • (Foto: Divulgação)

  • (Foto: Divulgação)

  • (Foto: Divulgação)

A baixa considerável nas águas do Lago de Itaipu, causada pela estiagem prolongada, permitiu o início da revitalização na parte asfáltica nos acessos aos atracadouros do Parque de Lazer Annita Wanderer, no distrito turístico de Porto Mendes, em Marechal Cândido Rondon. O atracadouro central é o mais utilizado, mas também haverá melhorias na rampa do atracadouro do lado esquerdo da praia.

O secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Sérgio Marcucci (Sergião), salienta que a administração municipal licitou a compra de 240 metros cúbicos de concreto usinado para promover a reforma da parte asfáltica dos atracadouros e das calçadas laterais que descem para a praia.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

“Nós estivemos lá na última sexta-feira (29) com inúmeros secretários e colaboradores para idealizar como realizar o reparo nas rampas. Foram repassados contextos do que fazer e na segunda-feira (02) nos reunimos com os integrantes do Clube de Pesca Marechal e do Clube de Pesca Amigos da Pesca para apresentar as mudanças a serem promovidas e para que eles sugerissem alterações e dessem aval ao serviço a ser executado, até porque eles utilizam este espaço”, diz.

“Ficou acordado na reunião que nós faremos as intervenções com uso de máquinas. Vamos diminuir aquela angulação de caimento e assim que tiver pronta a parte das pedras, que é a base para colocar o concreto, nós voltaremos para que eles visualizem como está. A partir daí a gente vai executar o concreto e fazer a nova rampa”, enaltece Sergião, acrescentando que devem ser investidos de R$ 100 mil a R$ 120 mil.

O trabalho a ser executado contempla colocação de concreto nas rampas e nas calçadas, além de melhorias nos banheiros da praia artificial. O secretário adianta que a ideia é diminuir a angulação para facilitar o acesso de barcos em períodos de baixa no lago, a exemplo do observado neste momento. “Queremos deixar mais longo para ser mais leve e durar mais tempo, evitando que os veículos tenham de descer com as embarcações pela lateral”, explica.

 

HORA CERTA

O chefe da pasta informa que máquinas e caminhões iniciaram os trabalhos na quarta-feira (04). “O trabalho acontece na praia até ficar tudo concluído, com previsão de durar no máximo duas semanas a partir do início do serviço. A gente não pode perder tempo, pois se o lago subir não haverá como executar o serviço, portanto a hora certa é agora para terminar o quanto antes possível”, frisa, acrescentando: “O prefeito Marcio Rauber pediu atenção especial na execução da reforma das rampas por ser um pedido de vários anos. Estamos com uma força-tarefa de várias secretarias para conseguir atender esta demanda”.

 

MELHORIAS

Segundo ele, a ação visa dar continuidade à revitalização do parque de lazer, uma vez que já foram reformadas 65 portas de banheiros, bem como houve a instalação de azulejos nos pisos e troca de forro em alguns banheiros.

“Reformamos a parte hidráulica de vários lugares no parque de lazer, utilizando o curso de hidráulica do Sesi/Senai, sendo que os participantes tiveram aulas práticas em Porto Mendes. Estamos trocando em torno de 30 pias, além de outras reformas e pintura de bancos e mesas. Também há melhorias na parte elétrica, junto às tomadas, para que o parque de lazer esteja em boas condições de uso na temporada de verão”, comenta.

Sergião informa que há reformas nos parques infantis, além de intervenções na iluminação do parque. “O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) perfurou um novo poço com 50 mil litros de água/hora e foi instalada bomba que puxa 20 mil litros de água/hora. A caixa era nova e ainda existe a expectativa de, no futuro, disponibilizar uma caixa maior porque aí fica difícil gerar algum problema como falta de água no parque de lazer”, pontua.

O secretário destaca que haverá outras obras de melhorias na infraestrutura, dessa vez de modo completo na praia artificial. “Pretendemos criar uma infraestrutura apresentável aos visitantes, com colocação de pedra irregular no acesso ao lado esquerdo do parque. A reforma estava contemplada no projeto da Itaipu com valor de R$ 4,6 milhões, enquanto o município deve investir o restante, contudo o projeto está suspenso, a exemplo de outros da Itaipu, mas quando os investimentos forem retomados a ideia é promover remodelação completa no parque com quiosques e toda parte de infraestrutura com ciclovia, pista de caminhada, entre outros”, finaliza.

 

O Presente

TOPO