Marechal

Marechal Rondon registra 24% de aumento na geração de empregos

Embora de forma tímida, o setor econômico passa a respirar novos ares. A Agência do Trabalhador de Marechal Cândido Rondon, por exemplo, fez mais encaminhamentos de oportunidades de trabalho de janeiro a setembro deste ano do que no mesmo período do ano passado.

Em 2016 foram contratados mais profissionais, no entanto a quantidade de demissões também foi maior, o que contribuiu para que o desempenho final no saldo positivo nestes nove meses do ano tivesse índices mais significativos do que no passado.

Casa do Eletricista – RETOMA

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) – órgão vinculado ao Ministério do Trabalho -, o acumulado nos nove primeiros meses de 2016 foi de 5.061 contratados, 4.777 demitidos e 284 de saldo positivo, quanto neste ano está em 4.989, 4.636 e saldo de 353. A evolução no saldo positivo – de 284 para 353 postos de trabalho – é de 24%.

A taxa se torna ainda mais representativa quando considerados o terceiro trimestre de 2017 e o de 2016: neste ano são 112 postos de saldo positivo perante 68 no ano passado, ou seja, incremento de 65%.

Novamente a liderança em termos de geração de oportunidades de trabalho está na indústria da transformação. Coincidentemente a projeção indica desenvolvimento de 131%, seja na avaliação do terceiro trimestre de 2017 em comparação a 2016 ou então nos nove meses deste para com o ano passado. No trimestre o saldo positivo passou de 71 para 165 postos, enquanto nos nove meses o avanço foi de 132 para 305 oportunidades de trabalho.

Confira a matéria completa na edição impressa desta terça-feira (07).

TOPO