Marechal Quatro mil doses

Marechal Rondon terá “Dia D” para aplicação da vacina contra H1N1 neste sábado

(Foto: Divulgação)

A Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon informa que realizará neste sábado (15), o Dia D da Vacinação contra a Influenza. O atendimento será das 8 horas às 12 horas, tendo por locais seis pontos: unidades de saúde do Augusto, Alvorada, Centro Integrado de Saúde (CIS), Margarida, Porto Mendes e Vila Gaúcha.

Para receber a dose, basta apresentar documentos pessoais, cartão SUS e carteira de vacinação. O imunizante é aplicado em todas as pessoas com idade a partir dos seis meses.

[ Publicidade ]
Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

Destaca-se que a vacina disponível é a trivalente, ou seja, protege contra três tipos de vírus influenza nas cepas: A/Victoria/2570/2019 (H1N1), A/Hong Kong/2671/2019 (H3N2) e B/Washington/02/2019 (linhagem B/Victoria), não havendo em sua composição a cepa Darwin (influenza A H3N2), a atual cepa circulante.

[ Publicidade ]
Nied 2022 – Padrão

“Pedimos para os munícipes que por algum motivo deixaram de tomar a vacina da H1N1 (contra a gripe) no ano passado, a buscarem a imunização durante a semana, na unidade de saúde mais próxima de sua casa (das 7h30 às 11h15 e das 13h às 16h45), ou então no sábado, durante o Dia D. A ação visa contribuir para o diagnóstico diferencial, facilitando o manejo clínico com os pacientes sintomáticos respiratórios”, alerta a secretária municipal de Saúde, Marciane Specht.

Doses

Aproximadamente quatro mil doses da vacina H1N1 de 2021 estão disponíveis em Marechal Rondon para serem aplicadas nos cidadãos que não tomaram a vacina no ano passado. Por sua vez, quem foi vacinado

contra a H1N1 no último ano deve aguardar a vacina a ser liberada neste ano pelo Ministério da Saúde.

Vale salientar que as doses restantes serão encaminhadas a outros municípios, com a finalidade de vacinar outros cidadãos.

Surto

Considerando que o Brasil atravessa um surto de Influenza H3N2 e que alguns casos já estão registrados na 20ª Regional de Saúde, que abrange Marechal Rondon, é essencial que os rondonenses que ainda não receberam a vacina da gripe busquem a imunização. Vale destacar que nenhum caso está atribuído a Marechal Rondon.

A transmissão da doença é considerada comunitária, ou seja, o contágio entre as pessoas acontece em um mesmo ambiente, sem a possibilidade de saber a origem.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO