Fale com a gente

Marechal Investimento de R$ 100 mil

Modernização da cadeia pública de Marechal Rondon vai proporcionar maior segurança aos policiais e internos

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

Ato realizado na última sexta-feira (24), na unidade do Departamento de Polícia Penal (Deppen) de Marechal Cândido Rondon, marcou a inauguração da obra de reestruturação da cadeia pública. As intervenções tiveram o investimento próximo de R$ 100 mil, com verbas públicas e privadas oriundas do Deppen, do Conselho da Comunidade, das empresas e empresários rondonenses e ajuda da prefeitura.

A reforma veio para resolver os problemas de tentativas de fuga, indisciplina e mortes, segundo o policial penal Gilberto Araújo, chefe do local. “Vi que para tentar solucionar estas questões seria preciso uma reestruturação física. Por falta de celas, os presos ficavam num mesmo espaço, tanto os provisórios quanto os condenados; tanto por crimes mais comuns quanto os de maiores complexidades. Com a modernização será possível fazer uma melhor classificação, garantindo maior segurança a todos”, destacou.

As obras marcam o início com pé direito de Araújo frente à chefia da cadeia local. O policial penal assumiu o cargo há três meses. “Eu estou há 16 anos no Deppen Paraná, sendo que passei sete anos no Setor de Operações Especiais (SOE). Sou rondonense de coração”, enalteceu.

 

Estrutura

Ao todo, o local recebeu seis novas celas modernas e duas readequadas com camas, chuveiros, vasos sanitários e tanque de lavar roupa.

O local passou também por renovações elétricas e hidráulicas. Todas as instalações elétricas foram substituídas por um modelo padrão, a fim de diminuir o risco de curtos-circuitos e colaborando para a diminuição do consumo de energia.

Thiago Correia, da coordenação regional de cadeias públicas, Henrique Dondoni, da chefia regional de cadeias públicas regionais, e o policial penal Gilberto Araújo, chefe da cadeia local, por ocasião da inauguração das obras (Foto: Daniel Felício/OP)

 

Parcerias

Na ocasião, Araújo destacou a parceria com a prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, e a subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (AOB). “A Secretaria de Saúde tem nos ajudado bastante. A cada duas semanas um médico e uma enfermeira fazem plantão na cadeia. A OAB também está presente nisso, pois serão responsáveis pela implantação das salas de parlatório para atendimento dos presos com os advogados. Temos apenas a agradecer por todo o suporte que temos recebido”, ressaltou.

Ele exaltou ainda o apoio da chefia regional de cadeias públicas, na pessoa de Henrique Dondoni, e a coordenação regional, chefiada por Thiago Correia. “Além disso, vale salientar a importância de toda a minha equipe, os policiais lotados na cadeia de Marechal Rondon. A partir de agora o trabalho terá total segurança, tanto para os policiais no plantão quanto para os presos e a sociedade rondonense”, frisa.

Com as melhorias feitas o trabalho dos policiais terá mais segurança (Foto: Daniel Felício/OP)

 

Local recebeu seis novas celas modernas e duas readequadas com camas, chuveiros, vasos sanitários e tanque de lavar roupa (Foto: Daniel Felício/OP)

 

Intervenções na cadeia pública tiveram investimento próximo de R$ 100 mil (Foto: Daniel Felício/OP)

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Facebook