Marechal Marechal Mais Segura

Nova diretoria do Conseg será empossada em 06 de dezembro

(Foto: Divulgação)

Eleita na última segunda-feira (11), em evento realizado no auditório da Associação Comercial (Acimacar), a nova diretoria do Conselho Comunitário de Segurança de Marechal Cândido Rondon (Conseg) será empossada no dia 06 de dezembro. Somente uma chapa – “Marechal Mais Segura” – foi inscrita ao pleito, sendo eleita por aclamação para o exercício 2020/2021.

Victor Clemente Morel será o presidente da nova gestão, substituindo Dante Roque Tonezer.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Presidente eleito, Victor Morel, e o atual presidente, Dante Tonezer, por ocasião do evento que contou com a eleição da nova diretoria. (Foto: Divulgação)

 

MARCO

De acordo com o atual presidente do Conseg, Dante Tonezer, a reestruturação e reorganização do Conseg foi um marco na história de Marechal Rondon. “Cuidamos da questão contábil, tributária, jurídica e financeira. Estou à frente de uma excelente diretoria, trabalhando juntamente com pessoas que cederam seus nomes de forma voluntária e auxiliam a entidade com seu conhecimento, credibilidade e trabalho. Juntos, reorganizamos o Conseg e vamos entregar o mandato de uma forma confortável para que a próxima diretoria siga conduzindo a entidade em seu verdadeiro papel, servindo de interlocutor entre as forças de segurança e a comunidade. É assim que nós desenvolvemos nossa gestão até aqui, e é assim que a próxima diretoria vai continuar fazendo, sempre com muita responsabilidade”, destaca.

Tonezer diz que dará o suporte necessário ao presidente eleito. “O Victor Morel com certeza fará um excelente trabalho à frente do Conseg. A diretoria e as pessoas envolvidas com a entidade buscam voluntariamente o bem coletivo, contribuindo com a sociedade, e isso é importante e faz toda a diferença para o município”, ressalta.

 

HISTÓRICO

Em Marechal Rondon, o Conseg foi criado em 06 de junho de 1989, mas, depois de anos desativado, voltou a atuar com força em dezembro de 2017.

Após reestruturado e adequado às normas impostas pela legislação, em junho de 2018, por meio da lei nº 5.057/2017, tornou-se utilidade pública, possibilitando avanços e legitimando a importância do Conselho para Marechal Rondon.

O Conselho é composto por representantes de todas as forças de segurança e membros da sociedade civil organizada.

(Tabela: O Presente)

 

Com assessoria

TOPO