Copagril
Marechal

Nova interdição poderá ser pedida nas próximas horas na Cadeia Pública de Marechal

 

Arquivo/O Presente

Situação dos chamados “gaiolão”

 

A carceragem da cadeia pública de Marechal passou por uma nova vistoria na manhã desta terça-feira (10) por conta das constantes reclamações em relação às condições para abrigar presos. A vistoria foi feita por integrante do Ministério Público Estadual, Vigilância Sanitária do município e Corpo de Bombeiros.

A constatação mais uma vez foi a total falta de condições para abrigar os 121 presos, quando o espaço original seria para apenas 18 pessoas.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

O risco que correm os agentes carcerários que atuam na cadeia pública de Marechal Cândido Rondon, foi mais uma vez tema do trabalho das autoridades.

Durante a vistoria que foi acompanhada pelos agentes carcerários, nada de anormal foi encontrado nas celas.

Com base no relatório que será produzido pelas autoridades a partir desta nova vistoria, novamente deverá ser pedido à justiça a interdição da cadeia de Marechal Cândido Rondon.

Vários pedidos de interdição já foram feitos e aprovados pela Justiça, mas nenhum resultado prático foi registrado até o momento.

TOPO