Ecoville – Maior rede de limpeza
Marechal O Presente na Comunidade

Porto Mendes: um distrito movimentado pelo turismo

(Foto: Arquivo/OP)

“O PRESENTE NA COMUNIDADE”

O projeto “O Presente na Comunidade”, estreado em dezembro, tem a finalidade de mostrar à população rondonense as comunidades do município, que recebem a visita da reportagem do jornal. O objetivo é dar voz e vez às lideranças e cidadãos destas localidades para que falem sobre projetos, atividades desenvolvidas entre outras iniciativas que acontecem nos bairros e distritos de Marechal Cândido Rondon.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

 

DISTRITO DE PORTO MENDES

A aproximadamente 30 quilômetros do centro de Marechal Cândido Rondon está localizado o distrito de Porto Mendes, muito conhecido por beirar o Lago de Itaipu, oferecendo opções de lazer para a população de Marechal Cândido Rondon e de toda a região.

Porto Mendes abriga o Parque de Lazer Annita Wanderer, ponto de turismo para a população da região. O local dispõe de ampla área de acampamento com mesas e churrasqueiras, estrutura de banheiros, além da praia artificial de Porto Mendes, que atrai muitos turistas durante os meses de verão. Há também o atracadouro, para quem possui embarcações adentrar ao lago, tanto para passeios quanto para a pesca, prática comum na região.

Além do turismo, que movimenta o distrito, Porto Mendes também conta com uma ampla estrutura assistencial para a população local. Na área da educação a Escola Municipal Comandante Luiz Augusto Morais Rego atende os alunos das séries iniciais e a Escola Estadual de Porto Mendes destina-se ao Ensino Fundamental.

A Unidade Estratégia Saúde da Família foi recentemente reformada e oferece serviços de saúde para a população, com médico todos os dias da semana, além de uma ambulância que fica disponível 24 horas para atender casos de emergências de pacientes.

 

ADMINISTRADOR DISTRITAL

Cada distrito possui seu administrador distrital, que é uma pessoa ligada à prefeitura na localidade, servindo como um correspondente. Em Porto Mendes, o administrador distrital é Adriano Giaretta. Segundo ele, o administrador distrital trabalha junto da comunidade, junto das pessoas, recebendo pedidos. “Meu cargo mais específico é trabalhar com o pessoal do interior, com os agricultores. Faço visita para eles e recolho as demandas. Quando eles precisam de um maquinário da prefeitura na propriedade, abre-se um protocolo e eu falo com a pessoa responsável na prefeitura. Também faço o acompanhamento dos trabalhos depois. Acabei virando um ponto de referência da população para assuntos da prefeitura”, compartilha.

Adriano Giaretta, administrador distrital de Porto Mendes: “Sou um ponto de referência da população para assuntos da prefeitura” (Foto: O Presente)

 

POPULAÇÃO

O distrito de Porto Mendes possui uma população predominantemente mais velha, pois os jovens acabam migrando para a cidade em busca de emprego e de estudos. “Hoje, ligado ao comércio, Porto Mendes deve ter mais ou menos uns 100 empregos, aí os jovens acabam saindo daqui, pelo mercado de trabalho ser mais restrito. Na área agrícola são poucos que permanecem na propriedade, os jovens querem ir para a cidade”, comenta Giaretta.

 

AS ESTRADAS DO DISTRITO

Como Porto Mendes é uma localidade onde a agricultura é um setor muito forte, as estradas do interior são uma das maiores demandas apresentadas pelo administrador distrital. “Nas linhas, as estradas estão praticamente todas transitáveis, com solo brita”, pontua Giaretta. Na sede distrital foram feitas algumas ruas com solo brita também, mas, segundo ele, ainda tem muito a ser feito. “Tem a tubulação, que é um dos principais pontos que temos para fazer. Quando chove, em algumas ruas o problema com o escoamento da água é muito grande. Essa tubulação já está com a prefeitura, só falta licitar a empresa para fazer o serviço, então daqui um tempo será executado”, informa.

A comunidade católica do distrito fez um pedido para a pavimentação com pedra irregular da estrada que segue até a igreja, tendo em vista que hoje ela é de terra. De acordo com Giaretta, a estrada não é muito adequada e a obra está em fase de licitação. “Futuramente essa estrada será contemplada com essa pavimentação”, garante.

 

O POLÊMICO SINAL DE CELULAR

Há uma grande polêmica em Porto Mendes quando o assunto é a torre de telefonia móvel. Até o final de 2019, o distrito contava com uma torre que transmitia sinal de celular, porém, por ser de pequeno porte, o raio de alcance era curto e não contemplava todos os moradores. “Mesmo com a pequena abrangência, ajudava muito os moradores do distrito”, enaltece Giaretta. Nesse mesmo período, essa torre foi desligada, deixando a população sem sinal de celular.

Uma nova torre, maior e com uma promessa de dez quilômetros de abrangência, está sendo instalada por uma operadora de telefonia móvel, mas nas últimas semanas a obra está parada.

O administrador distrital diz que a operadora alegou que os materiais para a ligação da torre são importados da China e que o problema com a pandemia de coronavírus impediu que esses materiais chegassem a Porto Mendes. “A população aguarda ansiosa a ligação da nova torre”, enfatiza.

 

DISTRITO AUTOSSUFICIENTE

Quem passa pela avenida de Porto Mendes consegue perceber a grande variedade de estabelecimentos comerciais à disposição da população local. “Temos os supermercados e os comércios do distrito que suprem a necessidade das pessoas daqui. Alguns optam por ir até o centro de Marechal Rondon para fazer compras, mas isso não se dá por falta de opções aqui. Temos farmácia, posto de combustível, mercados, lojas de utilidades. A população consegue se virar com o comércio local”, ressalta Giaretta.

 

PRESENÇA DA POLÍCIA MILITAR

Ele afirma que Porto Mendes é um lugar tranquilo para viver, sem alta incidência de crimes e roubos. Isso se deve, pontua, após a Polícia Militar instalar um destacamento no distrito. “Antes o distrito sofria muito com a criminalidade, arrombamentos e furtos em residências, mas a Polícia Militar nos deu esse suporte e mudou esse parâmetro aqui”, elogia.

Destacamento da Polícia Militar de Porto Mendes oferece segurança à população (Foto: O Presente)

 

TURISMO E CASAS DE VERANEIO

O comércio de Porto Mendes se mantém durante todo o ano, todavia, as épocas de temporada e a presença de turistas na região movimentam o setor de uma forma diferenciada.

Outro aspecto que o turismo traz para Porto Mendes é a procura de imóveis e terrenos para a construção de casas de veraneio, ou mesmo de pessoas que moram na cidade e buscam um local calmo e tranquilo para passar os finais de semana. “Tem muitas casas de pessoas que moram na cidade e vêm para cá nos finais de semana em busca de sossego. O pessoal usa bastante o Lago de Itaipu, com os barcos. Alguns gostam muito de pescar também”, expõe Giaretta.

Área de camping do Parque de Lazer Annita Wanderer é muito procurada pelos veranistas (Foto: Arquivo/OP)

Praia artificial de Porto Mendes é bastante apreciada pelos turistas no verão (Foto: Arquivo/OP)

 

COMÉRCIO FORTALECIDO

Dentre os pontos comerciais de Porto Mendes, o Jorge Supermercado se destaca com uma estrutura moderna e variedades de produtos à disposição dos consumidores. A proprietária do estabelecimento, Amanda Hubler Backes, diz que o supermercado é uma das bases do dia a dia da população, pois o alimento sempre está presente na vida de todos. “Quanto mais produtos, maior variedade, quanto melhor o atendimento, os preços, as pessoas não precisam se locomover do nosso distrito para a cidade. Eu acredito que o nosso distrito seja autossuficiente em relação ao comércio”, opina. “Não deixamos nada a desejar dos comércios da cidade”, amplia.

Amanda também destaca seu estabelecimento como uma cadeia de empregos. “Se não tivéssemos esse comércio aqui, se as pessoas não comprassem aqui, não teríamos empregos. Eu tenho oito funcionários, todos eles aqui do distrito”, evidencia.

Amanda Hubler Backes, proprietária do Jorge Supermercado: “Os turistas representam um volume bem expressivo de vendas quando estão aqui” (Foto: O Presente)

 

O TURISMO MOVIMENTA O COMÉRCIO

Como o turismo é um dos maiores atrativos de Porto Mendes, atrai muitos turistas que buscam o parque de lazer para passar finais de semana e como consequência movimentam o comércio local. “Agora no mês de março sempre tínhamos a pesca da corvina, a qual, por todos os acontecimentos do coronavírus, foi cancelada, então é um impacto econômico que nós sentimos. Se tem o evento você já se programa, sabe que naquele mês terá o evento, que haverá uma venda representativa naquele final de semana, e como não ocorrerá sabemos que esse março não será igual ano passado”, lamenta.

A empresária destaca que é importante a realização de eventos no parque de lazer para movimentar o comércio local. “Nós contamos com os clientes que estão os 12 meses do ano conosco, mas não tem como negar que os turistas representam um volume bem expressivo de vendas quando estão aqui”, finaliza Amanda.

Praça central de Porto Mendes: local de lazer e encontro de famílias (Foto: O Presente)

Unidade Estratégia Saúde da Família de Porto Mendes dispõe de serviços básicos de saúde (Foto: O Presente)

Igreja da comunidade católica (Foto: O Presente)

Escola Municipal Comandante Luiz Augusto Morais Rego atende alunos das séries iniciais (Foto: O Presente)

Escola Estadual de Porto Mendes oferece Ensino Fundamental (Foto: O Presente)

Academia da terceira idade localizada na praça central (Foto: Arquivo/OP)

 

O Presente

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO