Marechal

Projeto Justiça e Cidadania na Escola é lançado em Marechal Rondon

Com o intuito de conscientizar professores e alunos sobre os caminhos para exercer seus direitos e a importância de cumprir seus deveres, foi lançado ontem (11), no Fórum de Marechal Cândido Rondon, o projeto denominado “Justiça e Cidadania também se aprendem na escola”. A ação é fruto de uma parceria entre a prefeitura rondonense, por meio da Secretaria de Educação, com o Poder Judiciário, e contemplará, neste primeiro momento, alunos dos 5º anos da rede municipal de ensino. Neste ano, o projeto será desenvolvido com 18 turmas, de dez escolas municipais do perímetro urbano, abrangendo 395 alunos.

Realizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), o projeto visa ampliar o esclarecimento da população acerca de questões que envolvam Justiça e cidadania. Em Marechal Rondon, o projeto acontece sob coordenação do juiz da Vara da Infância e Juventude, Renato Cigerza, e pelas psicólogas do Serviço de Apoio à Infância (SAI), Romilda Guilland e Sheila Tatiane Covatti, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e com os acadêmicos do 4º ano do curso de Direito da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

Já na primeira etapa do projeto, realizada no Fórum, os professores dos 5º anos tiveram formação com o juiz Renato Cigerza e a psicóloga Romilda Guilland. Na ocasião, os docentes receberam cartilhas para serem trabalhadas em sala de aula com os alunos e sanaram dúvidas sobre o projeto e conteúdo. “Para a execução, que durará mais de dois meses, o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná disponibiliza cartilhas sobre os temas da campanha (Justiça e cidadania), as quais são trabalhadas em sala de aula pelos professores. Depois, os acadêmicos da Unioeste irão reforçar o conteúdo das cartilhas e tirar dúvidas dos alunos em visitas realizadas às escolas municipais”, explica o juiz da Vara da Infância e Juventude.

Em um terceiro momento, os alunos serão levados às dependências do Fórum da comarca para conhecer as instalações e entender como funciona o serviço prestado pelo Poder Judiciário em âmbito estadual. “No Fórum, os alunos serão recebidos por mim e pela equipe do SAI, oportunidade em que realizaremos uma palestra relativa a um tema da campanha e também sanaremos dúvidas dos estudantes em um bate-papo informal e descontraído”, pontua Cigerza.

No âmbito acadêmico, ainda serão desenvolvidas produções culturais, tais como teatros, músicas, desenhos, cartazes e redações ligadas ao tema da campanha. É obrigatória a elaboração de uma dissertação, com o máximo de 15 linhas, sendo que cada professor escolherá os três melhores alunos de sua turma. “As redações serão encaminhadas ao Fórum, sendo que eu escolherei a melhor de cada turma e entregarei medalhas em uma premiação simbólica que ocorrerá no momento do fechamento do projeto, a ser realizado nas dependências no Tribunal do Júri da comarca”, salienta o juiz.

 

Cidadãos conscientes

Ele destaca a importância da criança aprender desde cedo sobre a Justiça e seu papel na sociedade. Conforme o magistrado, ter contato com os temas do projeto é primordial na construção de cidadãos conscientes de seu papel na sociedade. “Apenas a educação pode constituir verdadeiros cidadãos e mudar o país. E são com ideais singelos como estes que se busca capacitar a população, incutindo nas crianças os direitos e deveres que possuem para que possam se tornar adultos mais maduros e instruídos de seu relevante papel dentro de um Estado Democrático de Direito”, finaliza Cigerza.

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

Rua Minas Gerais, 633 - Centro
Marechal Cândido Rondon - PR
(45) 3254-1842


30/05/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Rondon
Rua 7 de Setembro, nº 855


30/06/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Farmamed
Rua Rio de Janeiro, nº 128


30/07/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Filadélfia
Avenida Írio Jacob Welp, nº 3455, Jardim Primavera


30/08/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Filadélfia
Rua 7 de Setembro, nº 813


30/09/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Preço Baixo
Avenida Rio Grande do Sul, nº 674


30/10/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Saúde
Avenida Rio Grande do Sul, nº 2800


30/11/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Filadélfia
Avenida Írio Jacob Welp, nº 2277, próxima à UPA


30/12/2020

Das 23h do dia 30
às 07h do dia 31


Farmácia Santa Bárbara
Avenida Maripá, nº 2343
TOPO