Ford Ranger 2021 + Territory
Copagril – Compras no Site
Marechal

Réu condenado em Marechal Rondon pode recorrer em liberdade

Apesar de ter sido condenado por homicídio no julgamento realizado sexta-feira (02) pelo Tribunal Popular do Júri de Marechal Cândido Rondon, Everson Luiz Vogt tem assegurado o direito de recorrer da sentença em liberdade. Isso porque ele não foi preso à época dos fatos.

Em 20 de agosto de 2011 ele matou Marcia dos Santos Rodrigues, quando estava dormindo no quarto de um bar na Avenida Maripá. Segundo a denúncia, o réu utilizou uma faca e desferiu um golpe no peito da mulher, que acabou morrendo no local.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Consta na denúncia que o réu agiu por motivo fútil, devido a ciúmes, sem possibilitar a defesa da vítima. Everson Luiz Vogt foi condenado a 12 anos de prisão, mas vai recorrer ao Tribunal de Justiça do Paraná e até o próximo julgamento permanecerá em liberdade.

Os trabalhos foram presididos pelo juiz substituto da comarca, Leonardo Grillo Menegon e como representante do Ministério Público atuou o promotor Daniel Eulalio Caram Farah.

A defesa do réu foi exercida pelo advogado Antônio Marcos de Aguiar. A próxima reunião do Tribunal Popular do Júri de Marechal Cândido Rondon está convocada para o final deste mês, com sessões nos dias 23, 26 e 30 de junho.

 

 

 

Com informações da Rádio Difusora

TOPO