Ecoville – Maior rede de limpeza
Marechal Quadro preocupante

Saúde decreta quadro de epidemia de dengue em Marechal Rondon; município tem 164 casos da doença

(Foto: Divulgação)

Como já vinha sendo noticiado nos últimos dias em Marechal Cândido Rondon, o número de casos confirmados de dengue vêm aumentando consideravelmente. Para ser decretado quadro de epidemia, deve haver a confirmação de mais de 156 pessoas com dengue no município, conforme o protocolo do Ministério da Saúde. Na manhã desta quinta-feira (20), após novo boletim divulgado às 10h30, confirmou-se a epidemia, com 164 casos já confirmados, destes 154 autóctones e dez importados. Ao todo são 505 casos notificados e destes 307 estão aguardando resultados de exames.

O que muda de agora em diante é que a Regional de Saúde de Toledo deverá solicitar ao Governo do Estado que tome medidas emergenciais para o combate ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti, como o fumacê, que só é aplicado após ser anunciado estado de epidemia.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

“É uma situação que mais cedo ou mais tarde chegaria. Nós, enquanto Poder Público, estamos fazendo o dever de casa, porém, parte da população não vem contribuindo conosco. A cada dia, cargas e mais cargas de entulhos são recolhidas de terrenos e residências e muitos focos estão sendo encontrados. Em muitos casos, aqueles que estão fazendo a sua parte, estão pagando pelos outros”, expõe a secretária de Saúde, Marciane Specht. “Inclusive nesta semana nos antecipamos como o fumacê costal”, completa.

 

MULTAS

Marciane comenta que a equipe de endemias trabalha diariamente para eliminar possíveis criadouros do mosquito. Conforme Sérgio Ratke, chefe do Setor de Endemias, em casos recorrentes são aplicadas notificações, e caso o morador do imóvel não regularize a situação em até 48 horas é multado. O valor varia dependendo do número de focos encontrados, podendo chegar a R$ 1.709. Se dentro do período de um ano da primeira notificação, novamente focos forem encontrados, o valor da multa poderá dobrar.

 

SINTOMAS

Se você, rondonense, sentir alguns sintomas como febre alta, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas pelo corpo, procure o mais rápido possível a unidade de saúde mais próxima de sua residência ou então a UPA 24 horas.

 

Com assessoria 

 

Clique e participe do nosso grupo do Whatsapp

TOPO