Copagril
Marechal Programa RTI

Secretaria de Educação rondonense promove atividades para identificação precoce da dislexia

Fotos: Divulgação

De 7 a 13 de outubro de 2019, será realizada a Semana da Dislexia. Este é o primeiro ano que a Secretaria de Educação de Marechal Cândido Rondon realiza atividades alusivas a essa data. O objetivo é informar a comunidade sobre os serviços ofertados para as crianças em idade escolar e gerar discussões acerca do tema.

Neste ano, Marechal Cândido Rondon se tornou a primeira cidade do Oeste do Paraná e uma das primeiras do país a implementar um programa de identificação precoce dos problemas de leitura, chamado RTI – Resposta à Intervenção.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

O RTI permite a identificação precoce de crianças que apresentam dificuldades acadêmicas, monitora o progresso dessas crianças e oferta intervenções mais intensas de acordo com a necessidade de cada escolar. É possível ainda usar o modelo de resposta à intervenção como critério para o diagnóstico diferencial de Transtorno de Aprendizagem – Dislexia, auxiliando profissionais clínicos durante a avaliação interdisciplinar.

Professores das 17 escolas da rede municipal de ensino desenvolvem atividades semanalmente durante 3 meses com o propósito de trabalhar as habilidades importantes para a aprendizagem da leitura e verificar as repostas dos alunos à intervenção realizada. A tutoria das estratégias e realizada por fonoaudiólogo especialista em fonoaudiologia educacional durante 13 semanas.

São mais de 600 alunos inseridos no programa e todos passarão por avaliação no mês de novembro. Os alunos que não obtiveram boa resposta à intervenção realizada, serão encaminhadas para a 2ª camada do RTI, no atendimento contra turno.

Com assessoria

TOPO