Marechal Volta às aulas presenciais

“Seremos rígidos quanto à apresentação do passaporte de vacina”, diz diretor do campus rondonense da Unioeste

Diretor do campus de Marechal Rondon da Unioeste, Davi Schneider: “Discentes e docentes tiveram de preencher um formulário e entregar à coordenação do curso. Técnicos administrativos permanentes ou temporários entregaram o formulário ao Recursos Humanos. Terceirizados entregaram à empresa contratada” (Foto: Raquel Ratajczyk/OP)

Entre as 11 universidades públicas do Paraná, seis vão exigir o comprovante de vacinação contra a Covid-19 da comunidade acadêmica. Entre elas está a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), com campus em Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Marechal Cândido Rondon e Toledo.

“Vamos ser bastante rígidos quanto à apresentação do passaporte de vacina para frequentar as aulas e o restaurante universitário, que estará funcionando desde o primeiro dia de aula”, avisa o diretor do campus rondonense da Unioeste, Davi Schneider.

Casa do Eletricista VERÃO 2022

Alunos, professores e funcionários da instituição, inclusive os terceirizados, devem apresentar o comprovante de vacinação. “Discentes e docentes tiveram de preencher um formulário e entregar à coordenação do curso. Técnicos administrativos permanentes ou temporários entregaram o formulário ao Recursos Humanos. Terceirizados entregaram à empresa contratada”, explica.

Nied 2022 – Padrão

 

Direitos garantidos

CombateMax – Normal

Acadêmicos que estiverem com suspeita de Covid-19 ou forem contaminados pela doença têm direito assegurado a cumprir atividades domiciliares, afirma Schneider. “O ensino a gente recupera, mas a vida não. É preciso ter bastante cuidado, cautela, serenidade e atender às necessidades de biossegurança”, ressaltou ao O Presente.

 

Retorno dia 24

No próximo dia 24 todos os cursos da Unioeste de Marechal Rondon voltam às aulas presencialmente – ao final de 2021, acadêmicos de sete dos dez cursos já frequentavam a universidade. “Não tivemos problemas no cumprimento da resolução, porque tivemos o envolvimento de todos”, enaltece o diretor, acrescentando: “Se persistirem as condições conjunturais atuais, deve acontecer o retorno de todos os cursos de forma presencial. Esse contexto pode mudar abruptamente, como agora no final do ano. Então, o monitoramento é constante”.

No dia 18, às 14 horas, o diretor deve convocar uma reunião entre coordenadores de curso e diretores de centro para tratar do retorno e das condições de biossegurança.

 

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Grupo Costa Oeste 2021
TOPO