Fale com a gente

Marechal "Aqui o Mosquito Não Entra"

Sesc lança campanha de prevenção à dengue; participantes com maior pontuação vão ganhar prêmios

Os inscritos individualmente que ficarem entre os seis primeiros colocados estaduais ganharão estadias no Hotel Sesc Caiobá

Publicado

em

(Foto: Andressa Trentin/OP)

Em evento realizado na unidade de Marechal Cândido Rondon, o Sesc lançou na tarde desta quarta-feira (1º) uma campanha virtual de prevenção à dengue chamada de “Aqui o Mosquito Não Entra”.

Trata-se da 4ª edição da campanha. Desde 2020 o Sesc vem trabalhando todos os anos a prevenção da dengue. No 1ª ano a campanha contou com a participação de 3.099 pessoas, que recolheram mais de 106 mil focos de dengue em 249 municípios do Estado. Já em 2023 a campanha teve cerca de 11 mil participantes, que eliminaram mais de 325 mil focos da dengue em 294 municípios.

Abrangência

De acordo com a técnica da área de saúde Thais de Oliveira, o objetivo é envolver os 11 municípios de abrangência do Sesc Marechal. “Queremos levar conhecimento, promover a conscientização e orientar as pessoas para consiguirmos eliminar o máximo possível de focos do mosquito durante a campanha”, explicou aos presentes no evento de lançamento da campanha.

O Sesc, segundo ela, busca parceria com as prefeituras municipais para conseguir atingir um público cada vez maior. “O Sesc de Marechal não tem braço suficiente para atingir todos os municípios de abrangência, então precisamos da ajuda das prefeituras, dos agentes de endemias, que trabalham diretamente com isso. É importante que seja repassado dentro das escolas, lá tem um público que acompanha a campanha, é um público participa, as crianças são ativas na nossa campanha”, informou Thais.

Inscrição e premiação

Para participar basta acessar o site do Sesc (clique aqui) ou baixar o aplicativo (Google play) (App Store) e fazer a inscrição. As inscrições podem ser feitas individualmente ou em equipe. “As equipes que mais pontuarem serão premiadas com troféus. Já os inscritos individualmente que ficarem entre os seis primeiros colocados estaduais ganharão estadias no Hotel Sesc Caiobá com direito a três acompanhantes cada”, explicou a técnica de saúde.

1º, 2º e 3º lugares de participantes individuais por Área de Abrangência de cada Unidade Sesc- Pr.

1º, 2º e 3º lugares de equipes por Área de Abrangência das Unidades Sesc do
Estado do Paraná.

Os seis primeiros participantes individuais do Estado serão contemplados com estadia no Hotel Sesc Caiobá em um fim de semana de junho a outubro 2024.

A estadia inclui: dois pernoites, pensão completa para o ganhador e até três acompanhantes no mesmo quarto (acesso às instalações, café da manhã, almoço e janta), para utilização no período de baixa temporada (de junho a final de outubro).

O traslado e demais deslocamentos não estão inclusos na premiação.

Para pontuar é simples, basta acessar o site ou o aplicativo e ir colocando uma foto do foco antes e depois de ser eliminando; a cada foco eliminado você ganha um ponto e evita a transmissão da dengue. Nas missões especiais, que serão liberadas, os pontos aumentam por foco. Quanto mais pontos conquistar, maiores as chances de ganhar a competição.

A campanha iniciou nesta quinta-feira e vai até o dia 31 de maio de 2024.

Confira registros do evento:

(Foto: Andressa Trentin/OP)

Preocupação

A situação da dengue no Paraná é preocupante. A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) confirmou 5.144 novos casos de dengue no Estado em apenas uma semana. No mesmo período, foram registradas três novas mortes pela doença.

O resultado saiu em boletim divulgado na terça-feira (30). O levantamento é referente ao atual ciclo epidemiológico, que teve início em julho de 2023 e vai até o fim de julho deste ano.

Desde o começo do ciclo, o Paraná registrou 21.837 casos da doença e seis mortes.

Casos por região

De acordo com o boletim, a região de Apucarana é a com mais casos de dengue: são 5.039 confirmações, seguida da regional de Londrina (2.282), Paranavaí (2.190), Ivaiporã (1.927) e Maringá (1.799).

Segundo a Secretaria de Saúde, Apucarana é a cidade com mais casos confirmados: 3.607. Em seguida estão os municípios de Londrina (1.776), Maringá (1.112), Ivaiporã (1.048) e Paranavaí (867).

O Ministério da Saúde informou que 30 cidades do Paraná vão receber a vacina da dengue, chamada “Qdenga”. A distribuição será gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com prioridade para pessoas de 10 a 14 anos.

De acordo com a pasta, os municípios foram escolhidos pelos altos índices de infestação dos últimos meses. São eles: Londrina, Cambé, Rolândia, Jaguapitã, Ibiporã, Florestópolis, Bela Vista do Paraíso, Jataizinho, Primeiro de Maio, Sertanópolis, Tamarana, Porecatu, Assaí, Miraselva, Lupionópolis, Guaraci, Centenário do Sul, Alvorada do Sul, Pitangueiras, Prado Ferreira, Cafeara, Foz do Iguaçu, Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Missal, Itaipulândia, Matelândia, Serranópolis do Iguaçu e Ramilândia.

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente