Fale com a gente

Marechal

Vereadores são contra estadualização da rodovia

Publicado

em

Maria Cristina Kunzler/OP

A Câmara de Marechal Cândido Rondon vai encaminhar ofícios para a presidenta Dilma Rousseff, assim como ao ministro dos Transportes, ao diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) no Paraná e aos deputados federais que representam o Estado no Congresso Nacional. No documento, aprovado segunda-feira (25) em requerimento assinado por todos os vereadores, o Poder Legislativo rondonense vai solicitar que a rodovia BR-163, no trajeto compreendido entre os municípios de Marechal Cândido Rondon e Guaíra, continue sob responsabilidade do governo federal.

De acordo com notícia divulgada pela imprensa na última semana, a estadualização deverá ocorrer ao fim deste ano. Em 2002, foi editada a Medida Provisória 82, que passou para a responsabilidade do governo federal este trecho da BR-163 e outras rodovias paranaenses. Mas, uma lei aprovada em 2006 estabeleceu que estas mesmas estradas seriam devolvidas ao Estado em dezembro de 2015. Caso isso venha a acontecer, a aguardada duplicação da BR-163 entre Marechal Cândido Rondon e Guaíra, uma das principais reivindicações da região, não deve se tornar realidade tão cedo. Além disso, existe a preocupação com a manutenção da estrada, que exige reparos permanentes em razão do intenso fluxo de caminhões com cargas pesadas.

Facebook