Copagril
Marechal

Vistoria de orientação dos bombeiros inicia nesta semana no comércio

 

Divulgação

Presidente da Acimacar, Paulo Rodrigo Coppetti, e o comandante do Corpo de Bombeiros, capitão Tiago Zajac, durante encontro sobre o assunto

 

Com a finalidade de garantir maior segurança aos trabalhadores de empresas e indústrias, o Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido Rondon inicia a partir de amanhã (15) um roteiro de vistorias nos estabelecimentos comerciais da sede municipal. Para tratar sobre o assunto, o comandante dos Bombeiros, capitão Tiago Zajac, esteve reunido recentemente com o presidente da Associação Comercial e Empresarial (Acimacar), Paulo Rodrigo Coppetti, ocasião em que enalteceu a importância das vistorias nas empresas.

Conforme Zajac, tal serviço é um antigo questionamento da prefeitura e do Ministério Público, além de ser uma demanda do Corpo de Bombeiros e da população. O nosso objetivo é visitar o comércio e orientar os empresários ou representantes de empresas que ainda não têm o certificado de vistorias do Corpo de Bombeiros e não estão adequadas ao Código de Prevenção ao que necessitam para que os comércios sejam regularizados. Haverá prazo para esta fase de regularização dentro do previsto pelo código em uma primeira visita de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 30 e depois mais 30. Este prazo é possível de ser cumprido pelos empresários sem empecilho algum, destaca.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

O capitão menciona que a intenção é criar a cultura da prevenção em Marechal Rondon e nas cidades da região. Devemos iniciar as vistorias nesta quarta-feira aproveitando o novo efetivo que está reforçado e fazer essas visitas de maneira pontual e individual. Serão formados grupos de trabalho percorrendo ruas a pé e de viatura para vistoriar todo comércio e indústria. A aquisição de equipamento, se necessário, ficará por conta do empresário, informa.

Zajac diz que há dois setores disponibilizados no município, um deles operacional e outro de prevenção, sendo que neste último o telefone para contato é o (45) 3254-9843. Também é possível solicitar pela internet, através do portal www.bombeiros.pr.gov.br e clicar no item vistorias. A empresa pode se cadastrar e solicitar ou então aguardar a nossa visita para a orientação pontual. Posteriormente o trabalho também deve ser estendido às empresas de outros municípios da nossa área de abrangência, o que deve ser concluído até o fim deste ano, menciona.

 

Preservação da Vida

O presidente da Acimacar, Paulo Rodrigo Coppetti, salienta que ainda não é obrigatória a vistoria dos Bombeiros quando o empresário retira o alvará, mas é bem provável que no futuro seja necessário a empresa ter certificada vistoria para conseguir obtê-lo. Pela conversa que tivemos com o capitão Zajac, nos foi informado que o trabalho de vistorias será desenvolvido no sentido de orientação. A empresa será visitada, seguida pela análise das adequações a serem sugeridas para que estejam dentro das normas de segurança, expõe.

As sugestões a serem repassadas pelos bombeiros aos empresários estão voltadas sempre à segurança do ser humano, na preservação da vida em um eventual caso de emergência. Muitas vezes são questões pequenas, como marcação de extintor, em lâmpadas, ou seja, simples detalhes que demandam baixos investimentos. É provável que parte das empresas já estejam adequadas, assim apenas receberão a visita dos bombeiros e a certificação, acrescenta.

Coppetti enaltece que, a partir do aumento do efetivo, este trabalho visa alertar o empresário sobre as medidas de segurança necessárias para proteger a família, o imóvel, o patrimônio e, principalmente, a vida das pessoas que trabalham no estabelecimento. O capitão Zajac é parceiro da nossa entidade, colocando o Corpo de Bombeiros à disposição. Nós, enquanto Acimacar, estamos avisando os empresários que está sendo iniciado este trabalho de vistorias. Eu acredito que seja positivo. Tudo o que vem em prol de melhorias e para o empresário investir em segurança é algo indispensável. Antes de tudo é preciso pensar que são os seres humanos que fazem o negócio existir, frisa.

 

Novo Efetivo

De acordo com o capitão Zajac, após o término da escola em Cascavel, o Corpo de Bombeiros de Marechal Rondon foi contemplado com 16 novos soldados. Quatro deles permanecerão em Marechal Rondon, enquanto os outros 12 serão destinados para Guaíra, atendendo a esta cidade e Terra Roxa. Em um primeiro momento as instalações de Guaíra ainda não estão concluídas, então eles serão remanejados posteriormente. Os quatro bombeiros que ficarão em Marechal Rondon trabalharão na parte de prevenção de incêndios, que hoje tem um vistoriador, um atendente militar e um analista de projetos, sendo que esses quatro serão exclusivos à prevenção para suprir a demanda que a gente tem e ainda ampliar a quantidade de vistorias no comércio, explica.

Na cidade de Guaíra os soldados farão o que ocorre em Marechal Rondon, com exceção de atendimento pré-hospitalar. Eles realizarão combate a incêndio, busca e salvamento e análise de projetos de vistorias. O efetivo deve se deslocar às cidades de Guaíra e Terra Roxa no prazo médio de dois a três meses, comenta.

Conforme o capitão, a demanda para novas aquisições pessoais existia há tempo. A criação do posto em Guaíra vai suprir a demanda daquela população porque realmente é necessária devido à fronteira, comércio forte e aos incêndios que devem ser combatidos. Os Bombeiros de lá vão responder para Marechal Rondon, portanto permanecerão sob o nosso comando. Para nós será positivo porque reduzirá as demandas geradas por Guaíra para Marechal Rondon, completa.

TOPO