Copagril – Compras no Site
Municípios Conscientização

A pandemia não acabou: o coronavírus circula por Toledo. Cuide-se!

(Foto: Divulgação)

O pedido da Prefeitura de Toledo à população, desde o começo da pandemia de Covid-19, é bastante claro: fique em casa, mantenha o distanciamento social, só saia de casa se realmente for necessário e usando máscara do jeito correto, higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel várias vezes ao dia, evite aglomerações, e isole-se caso faça parte dos grupos de risco (idosos, portadores de doenças crônicas, portadores de distúrbios da imunidade ou em uso de imunossupressores, obesos, gestantes e puérperas, por exemplo). De lá para cá, as recomendações continuam as mesmas, embora boa parte da população não as esteja seguindo com o empenho de antes.

No início de agosto houve uma melhora significativa no quadro epidemiológico, porém o aumento no número de casos e óbitos causados pela doença nas últimas semanas colocaram o município em alerta vermelho, o que suscitou a necessidade de o governo municipal publicar um decreto com restrições de funcionamento a atividades que tendem a formar aglomerações.. De acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira (14), já são 4.998 pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) em Toledo, sendo que, destas, 4.108 já se recuperaram, 839 estão em fase ativa da doença e 51 vieram a falecer em decorrência da Covid-19.

Casa do Eletricista – GENCO

Por tudo isso, toda a população está convocada a permanecer vigilante quanto à prevenção ao novo coronavírus. “Compreendemos que todos estão ansiosos para que a pandemia fique no passado, mas até lá é necessário que os cuidados continuem. Graças às ações do poder público e do empenho de empresas e cidadãos, Toledo tem obtido importantes avanços no combate à Covid-19, porém o momento epidemiológico ainda inspira cuidados”, analisa a secretária de Saúde, Denise Liell.

A secretária alerta que é muito cedo para a população “decretar” o fim da pandemia. “Vale lembrar que ainda não há tratamento ou vacina eficaz contra a doença causada pelo novo coronavírus. Por isso, a atenção em relação ao novo coronavírus deve permanecer, mesmo quando existem algumas flexibilizações no funcionamento das empresas. Nunca priorizamos a economia em detrimento da saúde pública ou vice-versa e o equilíbrio entre estes fatores é primordial para que o município consiga dar a volta por cima o mais rapidamente possível e isso só acontecerá se todos ajudarem a manter a situação da Covid-19 em Toledo sob controle”, pontua. “Continue cuidando de si e daqueles que você ama!”, recomenda Denise.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO