Municípios Reivindicações serão avaliadas

Após novo decreto, profissionais de academias fazem protesto em Toledo

(Foto: Divulgação/Catve)

O novo decreto publicado pela prefeitura de Toledo proibiu a abertura das academias pelos próximos 15 dias. A notícia, claro, não foi bem recebida pelos profissionais do segmento que já enfrentam dificuldades com a queda do faturamento e a necessidade de demissões.

Vestidos de preto e com cartazes em mãos, os profissionais foram à prefeitura de Toledo no início da tarde desta terça-feira a fim de chamar a atenção das lideranças municipais para a pauta das academias.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Em março quando o município paralisou as atividades não essenciais, as academias permaneceram fechadas por um período maior do que o comércio. Situação que, de acordo com os profissionais da área, resultou no fechamento de 5 academias na cidade. As outras 30 tem atuado com a capacidade reduzida pela metade. Colaboradores precisaram ser demitidos e, inclusive, o faturamento também apresentou queda.

A reivindicação pela reabertura, tanto das academias, como das escolas de artes marciais será apresentada ao Centro de Operações Emergenciais de Toledo, para avaliação.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO