Ford Ka 2020
Municípios Maripá

Comunidade 7 Rumos apresenta problemas com energia elétrica e busca soluções junto à Copel

(Foto: Divulgação)

Por intermédio da Administração Municipal de Maripá, moradores da Linha 7 Rumos se reuniram na sexta-feira (08), no Paço Municipal, com os representantes da Copel (Companhia Paranaense de Energia) Carlos Galina, gerente da Agência Copel de Marechal Cândido Rondon e Valmir Colomby Ney, supervisor de manutenção da Copel de Toledo. O objetivo foi apresentar os constantes problemas com energia elétrica enfrentados na localidade, que tem preocupado os produtores.

Quedas de fase, oscilação de energia e vegetação na rede foram os principais problemas apontados. “Somos uma linha com grande produção de peixe, frango e suíno, que dependem da energia. Temos vários pedidos protocolados na Copel e não fomos atendidos. Problemas como queda de energia acontecem não só em dias de chuva e temporais, mas também em dias de sol. Estamos buscando solucionar os problemas e nos colocamos a disposição para ajudar no que for preciso”, explicou o produtor rural, Claudio Schulz.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Carlos Galina, que é gerente da Agência Copel de Marechal Cândido Rondon, responsável pelo município de Maripá, ressaltou que os problemas serão avaliados para atender as demandas da comunidade. “Nos comprometemos em enviar uma equipe para inspeção da rede para que tenhamos um relatório completo dos problemas. Vamos agir inicialmente na poda das árvores, que é responsável por 70% dos casos de queda de energia e por ser uma ação imediata e, na sequência, faremos um plano de ação para executar as melhorias necessárias”, explicou.

O prefeito Anderson Bento Maria relatou que estas conversas já ocorreram com outras comunidades do interior. “Enquanto poder público, estamos buscando intermediar estas conversas com a Copel pois sabemos da importância da energia elétrica para a produção tanto no campo quanto na cidade. Exemplo disso é a Linha 5 de Outubro, onde as melhorias necessárias foram executadas e as quedas de energia diminuíram”, destaca.

 

Com assessoria

TOPO