Fale com a gente

Municípios Investimentos

Copagril busca inovação e eficiência em suas indústrias

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

Como uma das principais empresas do setor industrial rondonense, a Cooperativa Agroindustrial Copagril tem a missão de fomentar a produção de grãos e transformá-los em produtos de valor agregado que são disponibilizados tanto ao mercado como para seus associados do sistema de integração na suinocultura.

Atualmente, a Copagril possui uma indústria de esmagamento de soja, duas unidades industriais de rações, todas em Marechal Cândido Rondon; e ainda uma indústria de pellets de madeira, situada no município de Toledo.

De acordo com o diretor-presidente da Copagril, Eloi Darci Podkowa, no Complexo Industrial localizado na entrada da cidade de Marechal Rondon, recentemente foram investidos em torno de R$ 50 milhões, a fim de ampliar a capacidade de esmagamento de soja. “Nós investimos significativamente em nossas indústrias, com o propósito de aumentar a eficiência operacional, bem como a capacidade instalada de produção. Melhoramos as estruturas e os processos e hoje nossa indústria está em plena produção”, enfatiza.

Inovação

Segundo o presidente, em todas as suas plantas industriais, a Cooperativa vem implementando projetos de inovação, bem como voltados à sustentabilidade.
Para enfrentar os desafios da indústria moderna, a Copagril implementou uma série de programas e projetos inovadores. Na indústria de esmagamento de soja, por exemplo, a empresa é uma das precursoras na implementação do programa de confiabilidade da manutenção. “Implementamos um programa de confiabilidade, inspirado na aviação civil, para antever as demandas internas de manutenção de equipamentos e máquinas da nossa indústria”, revela Podkowa.

Esse método, amplamente utilizado na aviação, é adaptado para as necessidades da indústria, permitindo diagnósticos antecipados e análises preditivas para otimizar manutenções e melhorar a eficiência operacional.

Conforme o diretor, o funcionamento do sistema tem sido efetivo na indústria de óleos e, por esse motivo, também foi estendido para as fábricas de rações.

Eficiência energética

Além disso, a Copagril está investindo em projetos de eficiência energética, em parceria com a empresa de consultoria Deode, a Copel, Aneel e Governo do Paraná. “Estamos implementando um projeto de ampliação da eficiência energética, visando diminuir o consumo de energia e otimizar a energia consumida, por meio de lâmpadas, equipamentos e motores industriais mais eficientes”, explica Podkowa. Essas iniciativas geram economia e fortalecem a sustentabilidade e competitividade da empresa.

Indústrias de rações

Em plena produção e graças a melhorias contínuas, ações operacionais e de confiabilidade, a Indústria de Rações para bovinos, peixes e ração farelada bateu recorde de produção no mês de abril, chegando a uma soma de 7.292 toneladas no mês. “Foi o maior volume de produção mensal desde a instalação da fábrica”, complementa o diretor.

Suinocultura

A Cooperativa também produz rações de alta qualidade para abastecer o sistema de integração suinocultura Copagril, atendendo às Unidades Produtoras de Leitões (UPDs) e as granjas de terminação.

Com intuito de melhoria contínua, recentemente foi criado um Centro de Operação Integrada (COI) no complexo para gestão administrativa, PCP (Planejamento e Controle de Produção), supervisor de produção e logística, toda a inteligência em um só local, melhorando a comunicação e otimizando os processos de produção e expedição. Ele faz o planejamento de compra de matéria-prima, programação de produção e distribuição de rações para os produtores rurais associados.

Indústria de biomassa

Desde o ano passado, a Copagril também conta com uma indústria de biomassa, localizada em Toledo. O objetivo é a produção de pellets de madeira para disponibilizar ao mercado e, em especial aos clientes e associados da Cooperativa, uma alternativa para abastecimento de fornalhas e aquecimentos de granjas.

A indústria opera com matéria-prima 100% oriunda de árvores de Pinus, em conformidade com os padrões internacionais de qualidade para este produto.

Os processos da planta foram idealizados sob o conceito de geração de calor de forma ambientalmente correta e eficiente, aliando a sustentabilidade ecológica e financeira à operação, que tem grande relevância na cadeia industrial, agropecuária e empresarial.

O pellet de madeira é originado do processamento de biomassa de reflorestamento, inclusive de subprodutos da indústria madeireira, a qual passa por uma série de transformações controladas envolvendo principalmente sua granulometria e umidade, para que o resultado seja um combustível de alto desempenho, fácil logística e ambientalmente sustentável.

A produção fica disponível a granel e pode ser adquirida em bag ou embalagens de 25 quilos, em todas as 22 Lojas Agropecuárias Copagril.

O papel dos colaboradores

Além dos investimentos estruturais, a Copagril também se preocupa com seu quadro funcional. Segundo Eloi Podkowa, a Cooperativa entende que investir na capacitação dos colaboradores é fundamental para garantir a eficiência operacional e a competitividade da Copagril. “Buscamos alinhar nossos colaboradores aos processos e garantir maior eficiência e menor custo para a indústria”, ressalta Podkowa. Uma equipe bem treinada e engajada é essencial para impulsionar a inovação e promover a melhoria contínua dentro da empresa.

O futuro da indústria

Com uma abordagem centrada na eficiência, qualidade e inovação, a Copagril está preparada para enfrentar os desafios do mercado em constante evolução. “Estamos comprometidos em continuar investindo em nossas operações e colaboradores, buscando sempre nos destacar como líderes no setor. O futuro é definido pela capacidade de se adaptar e inovar em um mundo em constante transformação”, conclui Podkowa.

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente